Publicidade

Publicidade

Arquivo de julho, 2008

31/07/2008 - 12:52

PEQUIM

Compartilhe: Twitter

Estou fechando as malas e tomando fôlego para o vôo que parte quinta de São Paulo e chega sábado à capital chinesa. Disseram até para levar bolacha dentro do vôo porque o problema com alimentação começa já na decolagem.

Não sei se vou comer bem e tenho certeza de que não dormirei as horas necessárias e usarei a minha voz até o limite.

Mas também não tenho dúvidas de que vou viver um dos momentos mais bacanas da minha vida, assim como foram Sydney-2000 e Atenas-2004. Espero poder passar para vocês, aqui no iG e na Rádio Bandeirantes, todas as informações, emoções e curiosidades de um evento com essa grandeza.

Vou caprichar nas fotos e nos textos, mas não garanto contar para vocês que gosto tem o espetinho de escorpião…

Abraços e até Pequim!

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
31/07/2008 - 12:51

HISTÓRIA OLÍMPICA 122

Compartilhe: Twitter

Um combate pela segunda rodada do peso médio da luta livre nos Jogos Olímpicos de Atlanta ganhou notoriedade por causa do conteúdo político. Os irmãos chechênos Elmadi e Lucman Jabrailov se recusaram a representar a Rússia, por causa da dominação do país sobre a Chechênia. Elmadi, que competiu sob a bandeira do Cazaquistão, derrotou Lucman, atleta da Moldávia nos Jogos de 96.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
31/07/2008 - 00:32

PALMEIRAS E INTER

Compartilhe: Twitter

Os dois times eram os meus favoritos antes do início do Brasileirão e só agora estão começando a me convencer que podem mesmo brigar pelo título. Até agora, foram equipes muito irregulares, mas não perderam contato com os primeiros colocados.

Os gaúchos podem até vir de duas derrotas para times que estavam entre os piores, Ipatinga e Santos, mas os reforços anunciados são capazes de dar muita qualidade ao time, principalmente o meia D’Alessandro e o atacante Daniel Carvalho. Não há elenco igual no Brasil, mas não é certo que Tite terá tempo de montar um time com esses jogadores todos.

Já o Palmeiras parece ter se acertado, especialmente no setor defensivo depois da saída do ótimo Henrique. A equipe teve atuações boas nas últimas rodadas e conseguiu vitórias expressivas contra Fluminense e Flamengo. E o mais importante: Diego Souza dá a impressão de que encontrou a melhor maneira de atuar pelo Palmeiras.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
31/07/2008 - 00:18

HISTÓRIA OLÍMPICA 122

Compartilhe: Twitter

A Cerimônia de Abertura dos Jogos de Atlanta, em 96, teve um momento emocionante que entrou para a história olímpica quando o ex-pugilista Muhammad Ali, trêmulo por causa do Mal de Parkinson, recebeu a tocha olímpica e acendeu a pira, dando início ao evento. No nono dia dos Jogos, uma bomba matou uma mulher em atentado terrorista durante concerto no Centennial Olympic Park. Mais de 100 pessoas ficaram feridas com a explosão.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
29/07/2008 - 15:31

HISTÓRIA OLÍMPICA 121

Compartilhe: Twitter

Uma polêmica mundial em torno dos Jogos Olímpicos de 1996 começou seis anos antes, durante reunião do Comitê Olímpico Internacional com a escolha da cidade americana de Atlanta como sede do evento em detrimento de Atenas, na Grécia, que muitos acreditavam ser o lugar ideal para a celebração dos 100 anos dos Jogos na era moderna. Pela primeira vez na história, todas as nações reconhecidas pelo COI participaram dos Jogos, 197 no total. Foram incluídos no programa olímpico o Vôlei de Praia, o Mountain Bike, o futebol para mulheres e o softbol, modalidade exclusivamente feminina parecida com o beisebol.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
28/07/2008 - 19:07

O AMISTOSO

Compartilhe: Twitter

Como se imaginava, Cingapura não conseguiu fazer cócegas na seleção olímpica masculina de futebol. O jogo foi fácil desde o início, com o Brasil tocando a bola no campo de ataque praticamente sem movimentação.

Foi bom ver Ronaldinho Gaúcho com vontade de jogar, aparentemente leve e participando dos dois primeiros gols, com a velha categoria. E foi péssimo ver Alex Silva soltar uma cotovelada na boca de um adversário aos 44 minutos do segundo tempo e receber o cartão vermelho. É com esse controle emocional que podemos contar nos Jogos Olímpicos?

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
28/07/2008 - 19:07

HISTÓRIA OLÍMPICA 120

Compartilhe: Twitter

A disputa foi muito equilibrada no quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos de Barcelona, em 92. A Comunidade dos Estados Independentes, com ex-repúblicas soviéticas, ficou em primeiro lugar com 45 ouros, contra 37 dos Estados Unidos e 33 da Alemanha, já unificada, que terminou na terceira posição. Dona da casa, a Espanha teve ótimo desempenho e terminou em sexto lugar. Com dois ouros e uma prata, o Brasil ficou em 25º lugar.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
27/07/2008 - 20:10

GIGANTES ENTRE OS PIORES

Compartilhe: Twitter

Não era por acaso que o futebol brasileiro tinha esquemas estranhos, fórmulas esquisitas e maneiras diversas para preservar os clubes de maior torcida e tradição na primeira divisão do campeonato nacional.

O principal motivo sempre foi a qualidade da administração destes gigantes, invariavelmente movida a interesses de poucos. Muitos deles, verdadeiros ditadores que passaram anos agindo como donos dos times.

O Santos passou a noite de sábado para domingo como lanterna por causa da vitória do Ipatinga sobre o Inter por 1×0 e só se livrou da última colocação, mas não do sufoco da zona de perigo, com uma goleada sobre o Vasco por 5×2. O resultado jogou o time carioca para o grupo dos piores até às 19h30, quando o São Paulo virou no Morumbi e jogou a Portuguesa para a 17ª posição com a vitória por 3×1.

São momentos dramáticos para o torcedor e que muitas vezes atrapalham carreiras de jogadores e treinadores. E com os dirigentes, o que acontece?

Já vimos caírem para a segunda divisão o Palmeiras de Mustafá Contursi e o Corinthians de Alberto Dualib. Agora, todo cuidado é pouco para o Santos de Marcelo Teixeira e para o Vasco, que já não é comandado por Eurico Miranda, mas ainda vive a realidade da sua herança. Assim como aconteceu com os corintianos no ano passado.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
27/07/2008 - 18:24

HISTÓRIA OLÍMPICA 119

Compartilhe: Twitter

O Brasil enviou numerosa delegação de quase 200 atletas para os Jogos Olímpicos de Barcelona, na Espanha, mas conquistou apenas três medalhas. Se o total foi baixo em relação às edições anteriores, o país faturou dois ouros na Espanha. Rogério Sampaio surpreendeu e ficou com o título na categoria meio leve do judô. No vôlei, a seleção masculina formada por Maurício, Geovani, Tande, Paulão, Marcelo Negrão e Carlão e comandada por José Roberto Guimarães ganhou o primeiro ouro olímpico brasileiro em esportes coletivos. Gustavo Borges brilhou na prova mais tradicional da natação com o segundo lugar nos 100 metros nado livre.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
26/07/2008 - 18:58

ALERTA

Compartilhe: Twitter

Foi uma pena, mas a seleção masculina de vôlei perdeu mais uma chance de celebrar diante do público brasileiro. É um time fantástico que a gente pouco viu de perto. Em 2002, já com Bernardinho, o Brasil também perdeu, mas na decisão contra a Rússia, em Belo Horizonte. As seis taças que essa geração ganhou na Liga foram longe de casa.

É verdade que, em 93, a primeira conquista de Liga Mundial foi no Ibirapuera, em São Paulo. Mas o que se viu na semifinal deste sábado, contra os EUA, em pleno Maracanãzinho, no Rio, serve como alerta importante para os Jogos Olímpicos, o grande objetivo este ano.

Algumas coisas são óbvias: é muita pressão esperar que um time ganhe tudo que disputa (e olha que esta seleção está perto disso) e todos os adversários estão estudando há anos uma maneira de vencer o Brasil.

O mais preocupante foi ver a equipe que adora derrubar times com grandes bloqueios atuando com velocidade, uma forte defesa e grande volume de jogo perdendo para um rival que fez exatamente isso, além de sacar bem. Bernardinho provou do próprio veneno. Que a derrota na Liga seja a medida certa para o treinador encontrar o antídoto em Pequim.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
Voltar ao topo