Publicidade

Publicidade

Arquivo de setembro, 2008

28/09/2008 - 22:40

FINALMENTE, INTER

Compartilhe: Twitter

Quando o Brasileirão estava para começar, me recordo de ter apontado Palmeiras e Internacional como os principais candidatos ao título nacional. Os dois times tinham tudo, especialmente bons jogadores, mas demoraram a engrenar.

O Palmeiras decolou um pouco antes, encostou no grupo dos quatro melhores ainda no final do primeiro turno e agora assume pela primeira vez a liderança. Pelo treinador que tem e especialmente por alguns jogadores como Marcos, Diego Souza e Alex Mineiro, tenho a impressão de que será o campeão.

Já o Inter chegou a passar uma rodada na zona do rebaixamento, mas agora parece firme rumo a uma das vagas para a Libertadores do ano que vem. O colorado ainda tem tudo para brigar pelo título da Copa Sul-americana.

É aquela história: se tivesse sido montado antes, o time do Inter brigaria pelo título. Não dá para duvidar de uma equipe com o ótimo Alex, o talentoso D’Alessandro, o rápido artilheiro Nilmar e o eficiente Guiñazu. Méritos do técnico Tite e da diretoria. Finalmente, o Inter começa a jogar bola. Azar de quem ainda tem o colorado pela frente na tabela.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
25/09/2008 - 18:52

CONVOCAÇÃO

Compartilhe: Twitter

Hora de cornetar mais uma convocação do técnico Dunga, agora para os jogos contra Venezuela e Colômbia pelas eliminatórias. E mais uma vez não concordo com muitas coisas. Vou passar posição por posição.

No gol, concordo com o titular Júlio César, mas não levaria Doni com os talentosos jovens Renan e Diego Alves em ação no futebol espanhol. Na lateral, tudo bem na direita e tudo mal na esquerda. Como pode o treinador não enxergar a má fase de Kléber, que o próprio jogador do Santos admite? Além disso, Juan Maldonado não foi bem na primeira chance que teve. Acho que nenhum dos dois merecia mais do que pelo menos outros dois laterais: Leandro, do Palmeiras, e André Santos, do Corinthians.

Na zaga, Alex, do Chelsea, não vem jogando, mas tecnicamente talvez seja uma das melhores opções mesmo. Não é demérito ser reserva de Ricardo Carvalho e John Terry. No meio, não vejo motivos para a ausência de Hernanes e não entendo o critério para deixar Ronaldinho Gaúcho de fora. Se o problema é o fato de não estar jogando no Milan, como alegou o treinador, o que ele fez nos Jogos Olímpicos e nos duelos contra Chile e Bolívia pelas eliminatórias???

E no ataque fico feliz ao ver o retorno de Alexandre Pato. Pelo potencial e pelo que já mostrou, tem que ser convocado sempre. É o único setor no qual não vejo muitos problemas. Talvez seja interessante observar Amauri, da Juventus, que tem marcado um gol atrás do outro.

Ah, e no banco, não concordo com Dunga como treinador. Mas aí quem convoca é o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, que deve estar preocupado com alguma outra coisa.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
24/09/2008 - 22:25

COPA SUL-AMERICANA

Compartilhe: Twitter

Muito já se falou sobre a importância da Sul-americana, mas pouco foi feito. A competição perde na comparação com quase todos os campeonatos nacionais do continente na visão dos principais clubes, que invariavelmente preservam titulares. O segundo torneio da Conmebol já foi Supercopa de Campeões da Libertadores, Copa Conmebol, e Mercosul/Merconorte.

As mudanças constantes não ajudaram em nada. Não há tradição. Só a força dos grandes clubes sul-americanos pode resolver a questão. Em termos de calendário, a alternativa mais racional é espalhar a Libertadores durante toda a temporada e organizar a Sul-americana simultaneamente, até com a possibilidade de clubes eliminados na Libertadores jogarem a Sul-americana, que classificaria o campeão para a Libertadores seguinte.

O problema é que as maiores marcas do futebol do continente estariam quase sempre na Libertadores. E para a Sul-americana, o que sobraria? Será que dá para fazer um bom torneio com Coronel Bolognesi, Ñublense e Sport Áncash?

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
22/09/2008 - 19:44

E AÍ, CONMEBOL?

Compartilhe: Twitter

Uma das coisas mais fáceis da vida de cronista esportivo é criticar a Confederação Sul-americana de Futebol. A entidade dá motivo o tempo todo. Desta vez confesso que não resisti.

Há cinco dias o Vasco já havia reclamado e o Palmeiras respondido sobre a situação da inscrição do atacante Thiago Cunha. Bastava um pronunciamento. Mas a Conmebol só se manifestou no final da tarde desta segunda para pedir desculpas sobre um erro no site oficial. Erro que fez os vascaínos duvidarem da regularidade da escalação do jogador. Ao final da partida entre as duas equipes pelo Brasileirão neste domingo, as duas comissões técnicas se preparavam para viajar para o Peru esta semana.

Com este problema resolvido, espero agora a posição da Sul-americana sobre a pedrada que atingiu o assistente boliviano Jorge Calderón na partida entre Olímpia, do Paraguai, e Universidad Católica, do Chile. O jogo foi encerrado aos 39 minutos do segundo tempo no Estádio Manuel Ferreira, em Assunção, no Paraguai. Pertinho de Luque, sede da Conmebol.

Algo parecido aconteceu no dia 6 de fevereiro deste ano, quando o Cruzeiro eliminou o Cerro Porteño na Pré-Libertadores no estádio Defensores Del Chaco, também em Assunção. Mas aconteceu também em jogo do Boca Juniors pela mesma Libertadores 2008. E muitas outras vezes em outros estádios nos últimos anos. As punições se restringem a multas pequenas e interdições por prazos curtos.

Não se trata, portanto, de um país com problemas maiores do que os outros. A questão é uma entidade que não se posiciona de maneira firme para fazer o mínimo necessário pela segurança de torcedores e jogadores. Como resultado, os torneios que ela organiza perdem credibilidade.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
19/09/2008 - 20:16

DO JEITO QUE O CHEFE GOSTA

Compartilhe: Twitter

O técnico Dunga pode começar a esfregar as mãos. Apesar de já ser um veterano, o volante Mineiro não está nem perto de perder a condição física, muito menos de terminar a carreira. É inegável, no entanto, que a forma técnica caiu muito desde que o jogador deixou o São Paulo e foi para o Hertha Berlim, da Alemanha, custando até mesmo a vaga que tinha na seleção brasileira.

Como a posição é uma das mais problemáticas para o treinador do Brasil, o novo clube de Mineiro tem tudo para fazer a diferença a favor do jogador. O volante é o mais recente reforço do Chelsea, contratado por indicação de Felipão para o lugar do contundido Essien. A confirmação foi feita pelo assistente de Scolari no clube inglês Flávio Teixeira, o Murtosa, em entrevista à Rádio Bandeirantes.

((ouça trecho da entrevista aqui: http://blogdopatrick.blig.ig.com.br/imagens/murtosa_mineiro.mp3))

Aos 33 anos, Mineiro é aquele jogador que sabe trabalhar taticamente. Do jeito que gosta Felipão, o novo chefe.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
16/09/2008 - 23:23

EM MADRID, O FUTURO É DO ATLÉTICO

Compartilhe: Twitter

A torcida do Atlético de Madrid passou anos lembrando dos gols decisivos do atacante Luis Aragonés e da raça do argentino Diego Simeone. O primeiro já tem mais de 70 anos e está consagrado como treinador campeão europeu pela seleção da Espanha, hoje no comando do Fenerbahce, da Turquia. O segundo está perto dos 40 e também já mudou de função, sendo hoje o técnico do River Plate.

O surgimento de Fernando Torres recuperou boa parte da auto-estima dos torcedores, mas a companhia modesta não permitiu que ‘El Niño’ desse um título ao clube. A transferência para o Liverpool, no entanto, foi o passaporte para temporadas boas.

Com dinheiro em caixa, a diretoria reforçou bem o time e viu explodir o argentino Sergio Kun Agüero, atacante com talento para ser um dos melhores do mundo por muito tempo. Além disso, o garoto emprestou ao Atlético a imagem do sogro Diego Maradona, explorada como a de um fanático pelo clube.

Comandado pelo competente mexicano Javier Aguirre, o Atlético tem condições de conseguir excelentes resultados já este ano, mas o melhor ainda pode estar por vir. Como já foi generosa com o Real Madrid com a compra da área de um Centro de Treinamento e a venda de outro terreno em condições que, digamos assim, uma mãe faria para um filho, a prefeitura de Madrid está fazendo negócios agora com o Atlético.

Este simpático estádio Vicente Calderón que você vê na foto vai ser demolido para que o parque que está sendo implantado no local tenha um lago. E o clube não ficará desamparado. Vai ganhar o novinho estádio Olímpico que a capital espanhola já prepara para os Jogos de 2016, mesmo sem saber se vai ter direito de sediar o evento.

O aporte financeiro e o potencial de negócio de uma nova arena podem se somar aos esforços da diretoria de aproximar o clube dos imigrantes, cada vez mais numerosos na Espanha. É o caminho para uma grandeza que muitos torcedores do Atlético jamais imaginaram que o clube pudesse alcançar.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
14/09/2008 - 22:57

CINCO TIMES E UMA TAÇA

Compartilhe: Twitter

A rodada poderia ter sido fantástica para o Grêmio, considerando que eram boas as chances de ampliação da vantagem com uma vitória sobre o Goiás e um empate entre Cruzeiro e Palmeiras. Deu tudo errado para o tricolor gaúcho e tudo certo para o equilíbrio do Campeonato Brasileiro.

Agora, os gremistas vão ter que encarar a pressão em duas rodadas difíceis e que devem testar a capacidade de o time gaúcho brigar pelo tri. A equipe comandada por Celso Roth terá o Atlético-PR pela frente no próximo domingo e depois vai enfrentar o clássico contra o Inter, no Beira-Rio.

Já o Palmeiras começa a ver como boas as chances de levantar a taça pela quinta vez. Além da ótima vitória sobre o Cruzeiro, os paulistas terão até o final do Brasileirão três confrontos diretos em casa, contra Grêmio, São Paulo e Botafogo. Ainda estão na luta pelo título o Cruzeiro, o Botafogo e o São Paulo, com apenas sete pontos de diferença entre o líder o quinto colocado.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
10/09/2008 - 22:35

DUNGA

Compartilhe: Twitter

Confesso que passei os pouco mais de 90 minutos de Brasil x Bolívia tentando encontrar motivos para elogiar Dunga. Pensei que seria interessante fazer o exercício e encarar um jogo da seleção de forma diferente do que fiz nas últimas partidas da seleção.

A boa vontade durou apenas meia hora. Impossível gostar de um time que não tem vontade e não tem opções táticas. E a coisa ficou pior ainda depois que a Bolívia desmontou a retranca e saiu para o jogo, ainda no primeiro tempo. Então vamos às críticas…

Além de não ter experiência como treinador, Dunga não conseguiu dar ao time a raça que ele sempre teve como jogador e que faltou ao time na Copa de 2006. Em pouco tempo, o técnico se indispôs com os maiores nomes do futebol brasileiro: Kaká e Ronaldinho Gaúcho.

Depois vieram falhas graves em convocações e escalações, principalmente no setor em que Dunga atuou a vida inteira. O treinador insistiu com Gilberto Silva, Mineiro e Josué, os três em má fase, enquanto pintavam muito bem jovens como Lucas, Hernanes e Ramires.

Não desprezo o título da Copa América ou o bronze olímpico, mas não tive prazer de ver a seleção brasileira desde que Dunga assumiu. E não me parece que ele saiba o caminho para sair desse buraco.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
10/09/2008 - 21:43

NADA DE ENGENHÃO EM 2014

Compartilhe: Twitter

Um estádio por cidade. Assim decretou o presidente da CBF, Ricardo Teixeira. Isso deixa o estádio João Havelange, o Engenhão, fora da Copa do Mundo. O Maracanã, templo do futebol nacional, vai ser o palco carioca para o Mundial, recebendo inclusive a final. E o mesmo raciocínio vale para São Paulo, onde o Morumbi foi indicado inicialmente como o estádio cidade, mas há outros projetos de olho na Copa.

E mesmo com uma forcinha da seleção brasileira, o Engenhão parece mesmo não ter caído no gosto do povo do Rio de Janeiro. O jogo Brasil x Bolívia teve um dos piores públicos da seleção em jogos das eliminatórias nos últimos anos. Dos 45 mil lugares do estádio, 29 mil ingressos foram colocados à venda com preços entre 15 e 200 reais. Vamos saber em um mês se o problema é o estádio ou a relação do carioca com a seleção. O próximo encontro está marcado para o dia 15 de outubro. O adversário é a Colômbia. O palco é o Maracanã.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
Voltar ao topo