Publicidade

Publicidade
14/12/2008 - 21:21

E AÍ, ADRIANO?

Compartilhe: Twitter

Está cada vez mais difícil acreditar que os problemas de Adriano são coisas simples. A diretoria da Internazionale fez questão de negar de forma veemente o que havia publicado a respeitada Gazzetta dello Sport, de que o atacante teria chegado embriagado a um treino durante a semana.

O episódio teria feita os dirigentes liberarem o Imperador para um período de recuperação no Brasil. Conversei pela Rádio Bandeirantes com o lateral Maxwell, que atribuiu o afastamento a uma lesão e revelou o desejo de ter o companheiro Adriano de volta aos treinos na Itália no começo do mês que vem. Assim espero…

Ouça a entrevista com Maxwell:

Maxwell fala sobre lesão de Adriano

Autor: - Categoria(s): Futebol europeu Tags: ,

Ver todas as notas

170 comentários para “E AÍ, ADRIANO?”

  1. Porn disse:

    Muchos Gracias for your post.Really looking forward to read more. Keep writing.

  2. Looking forward to reading more. Great blog article.Much thanks again. Will read on…

  3. I truly appreciate this blog post.Much thanks again. Want more.

  4. my website disse:

    Thumbs up! Nice read. Thumbs up! Great post!

  5. visit now disse:

    Good job on this article! What you’ve achieved here on your site could have a huge impact on the industry. You are a very persuasive writer. This is an excellent, an eye-opener for sure!

  6. Enjoyed every bit of your blog post.Really looking forward to read more. Awesome.

  7. Major thankies for the blog.Really looking forward to read more. Cool.

  8. checkthisout disse:

    A round of applause for your blog. Really Cool.

  9. wow, awesome blog post.Really thank you! Really Great.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo