Publicidade

Publicidade

Arquivo de agosto, 2009

31/08/2009 - 20:07

HISTÓRIAS DAS COPAS 81

Compartilhe: Twitter

Mais de cinquenta países tentaram disputar a Copa do Mundo de 58, na Suécia. Campeã olímpica de 56, a União Soviética teve que superar Polônia e Finlândia para chegar ao Mundial. Mesmo desfigurada com o êxodo de vários de seus principais jogadores, a Hungria conseguiu se classificar. Pela primeira e única vez, todas as quatro seleções britânicas chegaram à Copa: Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , , , , ,
30/08/2009 - 18:41

O MELHOR DO MUNDO EM AGOSTO

Compartilhe: Twitter

Quando pensei em registrar aqui no blog o melhor do mundo em cada mês do ano, não imaginava que alguns períodos pudessem impor tanta dificuldade para a escolha. Com Libertadores definida e uma data-Fifa que teve basicamente amistosos, valeram rodadas intermediárias do Brasileirão e o início de alguns dos principais campeonatos da Europa e da Champions League.

Nesse comecinho de temporada europeia, o Arsenal chamou a atenção, mas não houve um grande destaque individual. Messi iniciou 2009-2010 no Barcelona como terminou as últimas competição: vencendo. Ainda não fez cair o queixo como em meses anteriores, mas segue na liderança do ano.

Me atrevo, portanto, a escolher Diego como o grande destaque do futebol mundial no mês de agosto. O meia chegou à Juventus com grande expectativa e nem precisou apelar para a falta de entrosamento ou ao período de adaptação. Foi jogando bem logo de cara. E como já foi decisivo em um clássico fora de casa e com dois golaços (Roma 1×3 Juventus), Diego começa a reconstruir a sua estrada para disputar a Copa do Mundo do ano que vem, na África do Sul, pela seleção brasileira.

Autor: - Categoria(s): Brasileirão, Copa 2010, Copa Sul-americana, Futebol europeu, Seleção Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,
30/08/2009 - 16:06

HISTÓRIAS DAS COPAS 80

Compartilhe: Twitter

A Copa da Suécia, sexta edição do Mundial de futebol, começou para o Brasil no dia 13 abril de 1957, com um duelo contra o Peru. No primeiro jogo, um empate fora de casa por 1×1. Na partida de volta, oito dias depois, a seleção comandada por Osvaldo Brandão, foi vaiada no Maracanã e se classificou com vitória magra por 1×0, um golaço em chute de longa distância do craque Didi.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , ,
29/08/2009 - 16:02

HISTÓRIAS DAS COPAS 79

Compartilhe: Twitter

Mesmo com o vice na Copa de 54, a incrível Hungria não poderia ficar sem o artilheiro do Mundial da Suíça. O ataque húngaro de 27 gols marcados em cinco jogos foi comandado pelo craque Ferenc Puskas, que balançou as redes quatro vezes, mas o goleador do torneio foi Sandor Kocsis, que nas mesmas cinco partidas disputadas pelos húngaros, marcou 11 vezes, uma média impressionante de mais de dois gols por jogo.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , ,
28/08/2009 - 13:44

HISTÓRIAS DAS COPAS 78

Compartilhe: Twitter

Depois da vitória por 8×3 na primeira fase, a Hungria reencontraria a Alemanha Ocidental na grande final da Copa do Mundo de 54, na Suíça. Mais da metade dos 60 mil torcedores eram alemães, maioria também porque o regime comunista impedia húngaros de deixarem o país com medo de deserções. Pioneira no aquecimento, a Hungria já tinha 2×0 no placar aos oito minutos, mas viu a Alemanha virar no encharcado gramado do estádio Wankdorf para 3×2, com dois gols de Rahn. O capitão Fritz Walter, homem de confiança do técnico Sepp Herberger, recebeu o troféu das mãos do presidente da FIFA, Jules Rimet.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , ,
27/08/2009 - 15:09

HISTÓRIAS DAS COPAS 77

Compartilhe: Twitter

O Uruguai foi o melhor time que a Hungria de 54 enfrentou, de acordo com o técnico húngaro Gusztav Sebes. Os campeões mundiais de 50 foram os únicos que seguraram os campeões olímpicos de 52 no tempo normal até a decisão. Depois do placar de 2×2 em 90 minutos, a Hungria avançou à final ao fazer dois gols na prorrogação e vencer por 4×2. O adversário seria a Alemanha Ocidental, que goleou a Áustria na outra semifinal por 6×1.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , ,
26/08/2009 - 13:00

"PENSO MAIS NO PALMEIRAS QUE NA SELEÇÃO", DIZ MARCOS

Compartilhe: Twitter

Estive ontem com o goleiro Marcos no programa ENCONTRO DE CRAQUES, do canal Bandsports. No momento da inevitável pergunta sobre a Copa de 2010, o campeão do mundo em 2002 revelou que o Palmeiras é o grande objetivo da carreira neste momento.

Marcão fez questão de não desprezar uma convocação, mas ao contrário de 2002, não tem mais a seleção como grande meta neste momento e diz estar muito mais focado no Palmeiras. É possível que uma conversa com Dunga coloque o camisa 12 em sintonia com o que quer o treinador para o grupo que deve disputar o Mundial na África do Sul.

Marcos pode ser peça importante para a seleção por reunir excelentes condições técnicas, experiência (também em Copa do Mundo) e por ser muito bom relacionamento, reconhecido como um dos mais queridos jogadores do futebol brasileiro. E você, acha que Marcos ainda cabe na seleção?

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , , , , , , , , , , ,
26/08/2009 - 11:56

HISTÓRIAS DAS COPAS 76

Compartilhe: Twitter

Um grande encontro marcou as quartas de final da Copa de 54. O Uruguai, campeão do mundo, marcou 4×2 na Inglaterra e se classificou para enfrentar a Hungria, que derrotou o Brasil pelo mesmo placar. Do outro lado da chave, a Suíça, dona da casa, foi eliminada ao perder de virada para a Áustria por 7×5 e a Alemanha Ocidental seguiu na disputa pelo título com vitória sobre a Iugoslávia por 2×0.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , ,
25/08/2009 - 18:26

HISTÓRIAS DAS COPAS 75

Compartilhe: Twitter

Mais de 60 mil pessoas encheram o estádio Wankdorf, em Berna, para o duelo entre o Brasil, vice em 50, e a Hungria, sensação da Copa, pelas quartas de final do Mundial de 54, na Suíça. A seleção não teve tempo para respirar e levou dois gols logo no início da partida. Com a vantagem, os húngaros dominaram a partida, que ficou tensa no segundo tempo, com expulsões de Nilton Santos e Humberto Tozzi pelo Brasil e Boszik pela Hungria. A vitória por 4×2 na Batalha de Berna levou os húngaros às semifinais e eliminou a seleção brasileira.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , , , ,
24/08/2009 - 18:03

HISTÓRIAS DAS COPAS 74

Compartilhe: Twitter

Um cruzamento no mínimo estranho colocou uma pedreira no caminho do Brasil nas quartas de final da Copa do Mundo de 54, na Suíça. O regulamento previa o encontro dos campeões das chaves e os times que ficaram em 2º lugar tiveram pela frente equipes que também terminaram na 2ª posição em seus grupos. Com isso, a seleção brasileira, campeã do grupo 1, teve que enfrentar a Hungria, que venceu a chave 2 com vitórias por 9×0 sobre a Coréia e 8×3 sobre a Alemanha Ocidental.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , ,
Voltar ao topo