Publicidade

Publicidade

Arquivo da Categoria Futebol europeu

01/06/2009 - 18:52

EL MEJOR DE MAYO

Compartilhe: Twitter

Com as definições de vários títulos nacionais importantes e com as decisões da Copa Uefa e da Liga dos Campeões da Europa, o mês de maio proporcionou grandes momentos a muitos jogadores. Mas não dá nem para começar a discutir se alguém foi melhor do que Lionel Andrés Messi.

Perto de completar 22 anos, o argentino viveu 30 dias quase perfeitos. Logo no dia 2, ele comandou o Barcelona em uma vitória histórica sobre o Real Madrid na casa do rival: 6 a 2, resultado que praticamente garantiu à equipe catalã a conquista da Liga Espanhola.

No dia 13, Messi foi fundamental na vitória sobre o Athletic Bilbao por 4×1, que deu ao Barça o direito de levantar a Copa do Rey.

E, finalmente, no dia 27 de maio, Messi foi decisivo no jogo mais esperado do ano. Com apenas 1,69m de altura, marcou de cabeça no meio da melhor defesa do mundo o gol do título do Barcelona na Liga dos Campeões da Europa na vitória por 2×0 sobre o Manchester United.

Terminado o quinto mês do ano, o argentino foi o melhor três vezes (pela minha análise foi também o número 1 em janeiro e fevereiro) e ganhou tudo o que disputou até agora. Vai ser quase impossível não terminar o ano como o principal jogador do planeta.

Autor: - Categoria(s): Futebol europeu Tags: , , , , , , , ,
27/05/2009 - 18:00

MAUS PERDEDORES

Compartilhe: Twitter

Nos últimos anos, o time do Manchester United mostrou saber ganhar títulos como poucos na história do futebol. Nesta quarta-feira, em Roma, o esquadrão comandado por Alex Ferguson revelou que ainda precisa aprender a perder.

A final da Liga dos Campeões da Europa 2008-2009 colocou o Barcelona no topo do mundo, com destaques para o craque Messi, para os fantásticos Xavi, Iniesta e Eto’o e para o jovem treinador Josep Guardiola, agora gravado na história como o responsável pelo triplete (Liga Espanhola, Copa do Rey e Liga dos Campeões da Europa).

Depois de aperto inicial dos ingleses, o Barça passou a dominar o jogo decisivo com o gol de Eto’o antes dos 10 minutos do primeiro tempo. O controle se deu, muitas vezes, com toques de bola de pé em pé no campo ofensivo.

A postura deixou o Manchester United quase sem ação, mesmo com as entradas de Tevez e Berbatov. Aliás, alguém entende a insistência com Park? Longe do gol, Cristiano Ronaldo resolveu inverter a lógica e começou a fazer jogadas violentas. Foram três para cima do defensor Puyol. Perto do fim da partida, o experiente Paul Scholes deu uma entrada indescritível em Busquets. Uma vergonha o árbitro Massimo Bussaca não aplicar o cartão vermelho.

Um vice-campeão pode ser mais elegante.

Autor: - Categoria(s): Futebol europeu Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,
06/05/2009 - 01:00

O MÍNIMO PODE SER SUFICIENTE

Compartilhe: Twitter

Os regulamentos que têm os gols fora de casa como critério de desempate fazem de vitórias por 1×0 em casa, antes magras e às vezes insuficientes, bons resultados em jogos de ida de confrontos eliminatórios.

Foi assim no duelo brasileiro nas oitavas da Libertadores entre Palmeiras e Sport. O resultado obriga o time pernambucano a sair para o jogo em casa e morrer de medo de um golzinho palmeirense, que pode tornar tudo ainda mais difícil. Para os paulistas, o problema será acertar a defesa, que adora dar sustos no torcedor, para segurar o adversário e a vantagem.

E funcionou para o Manchester United, que, diga-se de passagem, tem o melhor sistema defensivo do mundo. O campeão europeu abriu logo 2×0 para cima do Arsenal e garantiu em Londres a vaga na decisão da Liga dos Campeões. Ajudado, e muito, pela vantagem obtida pelo placar de 1×0 no primeiro jogo.

Com essa regra, jogos de volta serão quase sempre muito mais interessantes do que os de ida.

Autor: - Categoria(s): Futebol europeu, Libertadores Tags: , , , , , , ,
01/05/2009 - 16:48

O MELHOR DO MUNDO EM ABRIL

Compartilhe: Twitter

Foi muito mais difícil pensar no melhor jogador do planeta em abril do que nos meses anteriores. Em meio a disputas importantes, nenhum craque despontou com o potencial para ser chamado de número 1 de forma indiscutível. Portanto, já estou preparado para os impropérios que possam aparecer nos comentários.

Proponho um grande empate entre sete atletas que tiveram ótimos momentos no quarto mês de 2009. O espanhol Iniesta é a alma do timaço do Barcelona, ainda líder no Espanhol e semifinalista na Liga dos Campeões. O goleiro checo Cech voltou à melhor forma e sustentou a boa fase do Chelsea. O atacante espanhol Raul, de quem não sou fã, liderou o Real Madrid em grande arrancada no Campeonato Espanhol e merece menção.

Novamente focado, Cristiano Ronaldo voltou a decidir com a camisa do Manchester United, mas não brilhou como antes. O russo Arshavin parece ter encontrado o seu lugar no Arsenal, embora não possa ter o seu futebol testado na principal competição européia por já ter atuado pelo Zenit.

Da Alemanha, Grafite não parou de fazer gols, um deles de placa contra o Bayern de Munique, e colocou o Wolfsburg na liderança da Bundesliga. E aqui no Brasil, Ronaldo encantou com boas atuações contra alguns dos principais rivais do Corinthians na reta final do Paulistão.

Faltou alguém? O mês de maio deve tornar o trabalho mais fácil com as fases decisivas da Liga dos Campeões, da Libertadores e de muitos campeonatos nacionais da Europa.

Autor: - Categoria(s): Estaduais, Futebol europeu Tags: , , , , , , , , , , , , , ,
19/04/2009 - 21:40

FUTEBOL É MOMENTO

Compartilhe: Twitter

Já que costumo criticar o trabalho de Dunga na seleção, quero aproveitar para fazer registro sobre os momentos de dois jogadores, um que todo mundo (inclusive eu) pede nas convocações, e outro que aparece sempre e mostra serviço com a camisa do Brasil.

O atacante Luis Fabiano, que resolveu quase todos os últimos jogos que disputou pela seleção, não consegue repetir na atual temporada o que fez em 2007/08. Atrapalhado por uma lesão, o artilheiro atuou 20 vezes e marcou 6 gols atrás dos companheiros Kanouté, com 16, e Renato, com 7. A comparação é cruel com a temporada passada, quando ele balançou as redes 24 vezes em 30 partidas.

E o meia Hernanes, do São Paulo? Por que não tem conseguido jogar como em 2008? Pode ser apenas a adaptação ao status de jogador que tem a responsabilidade de decidir. Em entrevista à Rádio Bandeirantes, o superintendente de futebol são-paulino, Marco Aurélio Cunha, admitiu conversar com o jogador sobre a queda de rendimento. “Em certos jogos você tem mudar um pouco a sua característica mesmo que você acredite nela. Não tenho dúvida de que ele será um dos maiores do mundo em breve”.

Ouça aqui a entrevista de Marco Aurélio falando sobre Hernanes.

Faltam menos de dois meses para a próxima reunião da seleção. E os dois têm que correr atrás.

Autor: - Categoria(s): Estaduais, Futebol europeu, Libertadores, Seleção Tags: , , , ,
31/03/2009 - 05:09

O MELHOR DO MUNDO EM MARÇO

Compartilhe: Twitter

Como já estamos no último dia do mês, dá para escolher o melhor jogador do mundo em março. A ideia, conforme expliquei em um post anterior, é reconhecer o desempenho dos craques a cada 30 dias e não deixar grandes atuações perdidas no começo da temporada ou ofuscadas por causa de conquistas importantes.

Vencedor de janeiro e fevereiro, Messi não deixou de jogar muito, mas foi superado pelo inglês Steven Gerrard nos últimos 30 dias. O completo meia foi protagonista em duas goleadas históricas do Liverpool. Primeiro, o time fez 4×0 no Real Madrid e avançou às quartas de final da Liga dos Campeões da Europa. Quatro dias depois, quebrou longa invencibilidade do Manchester United ao vencer na casa do adversário por 4×1.

Finalmente, Gerrard marcou três vezes em mais uma goleada: 5×0 sobre o Aston Villa, que faz boa campanha no Campeonto Inglês. Para completar as quatro semanas perfeitas, ele vestiu a bela camisa nova da seleção inglesa e participou da vitória no amistoso contra a Eslováquia por 4×0.

Autor: - Categoria(s): Futebol europeu Tags: , , , , , , ,
11/03/2009 - 20:51

OS MELHORES DO MUNDO… ATÉ AGORA

Compartilhe: Twitter

Toda vez que vejo os resultados das eleições fico pensando nas injustiças, naqueles jogadores esquecidos ou nos títulos e momentos que determinam os votos para este ou aquele craque (quase sempre são craques os escolhidos).

Uma das minhas resoluções para 2009 foi acompanhar mês a mês o desempenho dos principais atletas do planeta e registrar as opiniões para tentar chegar a uma impressão mais justa do que foi a temporada.

Não registrei aqui no blog por causa do meu pequeno problema de saúde, exatamente no começo de fevereiro, mas o argentino Lionel Messi, do Barcelona, me pareceu o número 1. E para não ficar só na minha opinião, sempre discuto com meus companheiros e mestres Mauro Beting e Cláudio Zaidan, da Rádio Bandeirantes.

Agora que fevereiro terminou, informo que, na minha humilde impressão, Messi merece a primeira posição novamente, o que faz dele um forte candidato ao título em dezembro. Será que ele vem ao Brasil receber o meu prêmio? Ou o Motorádio, como diria Fábio Sormani.

Pelos dois meses de futebol que pudemos ver em 2009, faço menções também ao ótimo goleiro brasileiro Júlio César, da Internazionale, ao completo meia inglês Steven Gerrard, do Liverpool, e ao cada vez melhor Xavi Hernandez, espanhol do Barcelona.

E para você, quem está arrebentando este ano?

Autor: - Categoria(s): Futebol europeu Tags: , , , , , ,
26/02/2009 - 00:46

QUARTA-FEIRA

Compartilhe: Twitter

O dia foi uma maravilha para quem gosta de futebol. Vou falar do que vi, começando pela Liga dos Campeões. Bom jogo entre Chelsea e Juventus, na vitória do time inglês por 1×0. Não acho que o time inglês tenha resolvido jogar depois da saída de Felipão. Os últimos resultados poderiam ter sido obtidos com o treinador brasileiro no comando.

Grande desempenho do Liverpool na vitória sobre o Real Madrid, na Espanha, por 1×0. E excelente o resultado do Bayern de Munique em Portugal: goleada por 5×0 sobre o Sporting, vaga nas quartas garantida e um pouco de sossego para o técnico Jürgen Klinsmann.

No Paulistão, valeu a pena ver os 90 e poucos minutos de São Caetano 3×4 Palmeiras. A bola não parou. Emoção o tempo todo. Foram alguns erros e muitos acertos dos dois lados. Até pela superioridade técnica, o Palmeiras mereceu a vitória e poderia ter feito uns oito se não fosse a boa atuação do goleiro Luiz. Depois de levar 2×0 em menos dez minutos, os palmeirenses mostraram força para reagir. Apesar da derrota, o time do ABC mostrou ser bem montado pelo técnico Vadão e tem tudo para terminar a primeira fase na parte de cima da tabela, entre os 10 melhores.

A quarta-feira foi uma pena para os brasileiros na Libertadores. O Cruzeiro tentou cozinhar o jogo com a vantagem de 1×0 e a expulsão de Wellington Paulista ao final do primeiro tempo, mas foi castigado nos acréscimos e perdeu dois pontos com o empate por 1×1. O Grêmio perdeu gols demais e acabou o dia lamentando o 0x0 com a Universidad de Chile.

Autor: - Categoria(s): Estaduais, Futebol europeu, Libertadores Tags: , , , , , , , ,
24/02/2009 - 20:00

GOLEIROS DO BRASIL

Compartilhe: Twitter

Os primeiros quatro jogos de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa (Atlético de Madrid 2×2 Porto, Lyon 1×1 Barcelona, Arsenal 1×0 Roma, Inter 0x0 Manchester United) tiveram um golaço de Juninho Pernambucano e outros destaques brasileiros debaixo das traves.

Hélton levou um baita frango, mas foi consolado por companheiros quando o Porto arrancou o bom empate fora de casa contra o Atlético. Já Júlio César teve mais uma atuação impecável e foi decisivo no empate da Inter com o Manchester United.

O ex-goleiro do Flamengo vive a melhor fase da carreira. Muito seguro e experiente, Júlio briga hoje pela condição de melhor goleiro do mundo, status que Marcos, Dida e Rogério Ceni atingiram nos últimos anos. E para o futuro o Brasil tem Renan, do Valencia, Diego Alves, do Almería, e Diego Cavalieri, do Liverpool. A posição está garantida.

Autor: - Categoria(s): Futebol europeu, Seleção Tags: , , , ,
16/02/2009 - 02:08

ITÁLIA

Compartilhe: Twitter

Incrível a tomada para cobranças de falta que está sendo usada nas transmissões de televisão do Campeonato Italiano em Milão. A cobertura do estádio Giuseppe Meazza / San Siro permite a instalação de equipamentos que, com o poder das lentes, colocam o espectador praticamente dentro do campo. Algo que lembra muito os atuais jogos de futebol nos videogames.

Dentro de campo, Pato confirmou a boa fase que só Dunga parece ignorar, mas não foi suficiente para garantir vítória ao Milan. Ou alguém imaginou que a lenta dupla de zaga Kaladze-Maldini conseguiria marcar o ótimo ataque Ibrahimovic-Adriano da Inter?

Autor: - Categoria(s): Futebol europeu Tags: , ,
Voltar ao topo