Publicidade

Publicidade

31/10/2009 - 12:09

HISTÓRIAS DAS COPAS 142

Compartilhe: Twitter

Martín e José Vantolrá formaram a única dupla de pai e filho que disputaram mundiais de futebol por seleções diferentes. Martín defendeu a Espanha em 1934, na Itália, e José Vantolrá era jogador da seleção dona da casa na Copa de 70, no México. Os mexicanos, aliás, fizeram contra El Salvador o primeiro confronto na fase de grupos entre duas nações do mesmo continente que não fossem europeus ou sul-americanos.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , ,
11/10/2009 - 21:13

UM POUCO DE CADA COISA

Compartilhe: Twitter

Altitude, falta de entrosamento, nervosismo, desatenção em lances isolados de bola parada e até mesmo o mérito dos bolivianos.

Junto uma porção de cada um dos ingredientes acima e você vai entender a derrota do Brasil para a Bolívia por 2×1 pela penúltima rodada das eliminatórias.

Deve ser difícil mostrar serviço quase quatro mil metros acima do nível do mar, mas era de se esperar mais de jogadores que precisavam mostrar serviço como Miranda, André Santos e principalmente os meias Diego Souza e Alex.

Entre os atacantes, Nilmar foi destaque, Adriano foi atrapalhado por contusão e Diego Tardelli não decepcionou.

O aproveitamento de Daniel Alves no meio foi apenas regular, mas a avaliação não compromete a participação do jogador no grupo, já que ele é o reserva para a lateral-direita e pode atuar também pelo lado esquerdo.

MAIS DA METADE – Já temos mais da metade da Copa definida com 19 seleções classificadas. Além da África do Sul, dona da casa, o continente africano já tem Gana e Costa do Marfim no Mundial. Da América do Sul, avançaram Brasil, Paraguai e Chile.

Os asiáticos garantidos são Japão, Austrália, Coreia do Sul e Coreia do Norte. Da região da Concacaf, conquistaram vagas os EUA e o México. E da Europa, já avançaram Itália, Alemanha, Sérvia, Dinamarca, Inglaterra, Espanha e Holanda.

Restam 13 vagas: três da África, uma da Concacaf, uma da América do Sul, seis da Europa (duas diretas e quatro na repescagem), uma da repescagem Ásia / Oceania e uma da repescagem América do Sul / Concacaf.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Seleção Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
01/10/2009 - 14:55

HISTÓRIAS DAS COPAS 112

Compartilhe: Twitter

Com Amarildo no lugar do machucado Pelé, o Brasil teve muitas dificuldades diante da Espanha na última rodada da primeira fase da Copa de 62, no Chile. Depois de sair perdendo, a seleção foi beneficiada por erros do árbitro chileno Sergio Bustamente Gonzalez, que anulou um gol espanhol e deu como falta fora da área um pênalti de Nilton Santos em Abelardo. Com duas grandes jogadas de Garrincha, Amarildo marcou duas vezes e colocou a equipe brasileira na fase final.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , , , ,
24/09/2009 - 20:02

HISTÓRIAS DAS COPAS 105

Compartilhe: Twitter

A Argentina chegou à Copa do Mundo de 62, no Chile, com a sua força reduzida. O craque Alfredo Di Stefano, destaque do Real Madrid, vestiu a camisa da Espanha. Também argentino de nascimento, Omar Sivori defendeu a seleção da Itália. Os argentinos ainda viram o treinador Adolfo Pedernera comandar a Colômbia. Em campo, a equipe disputou o difícil grupo 4 e foi eliminada na primeira fase com vitória sobre a Bulgária, empate com a Hungria e derrota para a Inglaterra.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , , , ,
19/09/2009 - 21:42

HISTÓRIAS DAS COPAS 101

Compartilhe: Twitter

A Copa do Mundo de 62, no Chile, não teve seleções asiáticas ou africanas, já que Marrocos e Coréia do Sul tiveram que jogar repescagem e perderam para os europeus Espanha e Iugoslávia. O México foi o único time da Concacaf a se classificar para o Mundial, depois de disputar a fase final contra Costa Rica e Antilhas Holandesas. Argentina, Uruguai e Colômbia entraram na competição como representantes da América do Sul. Da Europa, foram para a Copa avançaram times tradicionais como Itália, Alemanha Ocidental, Hungria e a campeã europeia União Soviética, além da Inglaterra, da Suíça, da Tchecoslováquia e da Bulgária.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
16/09/2009 - 23:24

OS FAVORITOS DE FELIPÃO

Compartilhe: Twitter

Conversei hoje com o técnico Luis Felipe Scolari, em entrevista que vai ao ar neste sábado no programa Esporte Notícia Internacional, que começa às 14h na Rádio Bandeirantes.

Perto de conquistar a liga do Uzbequistão com o Bunyodkor, o treinador analisou as forças na Liga dos Campeões da Europa e os grandes candidatos à taça na Copa do Mundo do ano que vem, na África do Sul.

Na Champions, Felipão acha que vai dar Espanha, Real Madrid ou Barcelona, e garante que Cristiano Ronaldo pode ser um jogador tão bom de grupo quanto Kaká.

Para o Mundial de 2010, Scolari elogia o trabalho de Dunga à frente da seleção, aposta no crescimento da Itália e vê como favoritas as seleções da Espanha, confiante depois do título europeu, e da Inglaterra, com bons jogadores e o excelente trabalho de Fabio Capello.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Futebol europeu Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,
11/08/2009 - 13:24

HISTÓRIAS DAS COPAS 61

Compartilhe: Twitter

Depois de Almeida Rego na Copa de 30, no Uruguai, o Brasil passou dois mundiais sem representantes no apito. Na Copa do Mundo de 1950, disputada no Brasil, foram três árbitros do país. Mário Vianna comandou Espanha 3×1 EUA.  Alberto Malcher apitou Chile 5×2 EUA e Espanha 2×0 Chile, também pelo grupo 2. E Mário Gardelli foi um dos assistentes de Inglaterra 2×0 Chile.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , , ,
10/08/2009 - 17:55

HISTÓRIAS DAS COPAS 60

Compartilhe: Twitter

Empolgada pelos resultados da seleção, a torcida carioca encheu o Maracanã e empurrou o time com mais de 152 mil vozes para outra goleada. Com dois gols de Ademir, um de Jair, um de Zizinho e dois de Chico, o Brasil arrasou a Espanha e com a vitória por 6×1 ficou com vantagem para a rodada decisiva do Mundial de 50. O duelo seria três dias depois, no mesmo Maracanã, contra o Uruguai, que manteve chances de conquistar o título ao bater a Suécia por 3×2.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , , , ,
09/08/2009 - 17:55

HISTÓRIAS DAS COPAS 59

Compartilhe: Twitter

O técnico Flávio Costa manteve o time da vitória sobre a Iugoslávia para o início do quadrangular decisivo da Copa de 50. Quase 140 mil torcedores foram ao Maracanã ver um show de Ademir de Menezes, que marcou quatro vezes na goleada por 7×1 sobre a Suécia. Completaram o placar Maneca e Chico, que fez dois gols. O resultado colocou o Brasil na liderança, já que Uruguai e Espanha empataram por 2×2 no mesmo dia 9 de julho, só que no
Pacaembu.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , , , , ,
29/07/2009 - 15:24

HISTÓRIAS DAS COPAS 48

Compartilhe: Twitter

A Copa do Mundo de 50, no Brasil, teve 13 seleções participantes e uma estranha divisão de chaves que substitui o sistema eliminatório das edições anteriores. No grupo 1, o Brasil superou México, Iugoslávia e Suíça. A Espanha eliminou Inglaterra, Chile e EUA na chave 2. A Suécia teve de passar por Itália e Paraguai no grupo 3. E o Uruguai fez apenas um jogo contra a Bolívia para avançar na chave 4. Os campeões de grupos se classificaram para a fase decisiva com jogos entre todas as equipes.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,
Voltar ao topo