Publicidade

Publicidade

24/11/2009 - 15:12

OS MELHORES DO BRASILEIRÃO

Compartilhe: Twitter

Ainda restam duas rodadas, que de tão importantes, podem valer muitos pontos a favor ou contra os atletas de acordo com o desempenho, mas já dá para ter uma boa ideia dos destaques do Brasileirão.

No embalo da divulgação dos indicados ao Prêmio Craque Brasileirão pela CBF, registro aqui a minha opinião sobre os protagonistas da competição.

No gol, nem Bruno (Flamengo), nem Marcos (Palmeiras), nem Victor (Grêmio). Para mim, o melhor foi Fábio, do Cruzeiro.

Nas laterais, escolho os indicados Léo Moura (Flamengo) e Júlio César (Goiás) e estranho a presença do palmeirense Armero do lado esquerdo.

A dupla de zaga mais segura é mesmo André Dias e Miranda, do São Paulo, mas Danilo (Palmeiras) e Réver (Grêmio) também foram bem.

A lesão fez Pierre (Palmeiras) perder espaço para Sandro (Inter) e Willians (Flamengo). Cleiton Xavier (Palmeiras) e Petkovic (Flamengo) completam o meio.

No ataque, Fred (Fluminense) e Adriano (Flamengo) foram os melhores e Diego Tardelli (Atlético-MG) foi outro que teve um grande ano.

Gostei muito da indicação de Paulo Silas, do Avaí, com um dos principais treinadores, mas o número 1 na função foi Andrade, que comandou a arrancada do Flamengo para a disputa do título.

Para completar, a arbitragem: Heber Roberto Lopes viveu a melhor temporada da carreira e foi o grande nome do apito no Brasileirão.

E o craque da competição? Prefiro esperar pelas rodadas finais para saber quem vai decidir. Basta lembrar que eleições antes da decisão deixaram Zidane sem o prêmio de melhor da Copa de 98, assim como Ronaldo em 2002.

Autor: - Categoria(s): Brasileirão Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
25/10/2009 - 20:43

O COMBUSTÍVEL DE CADA UM

Compartilhe: Twitter

Com tropeços seguidos, especialmente a derrota da última quarta-feira para o Santo André, o Palmeiras encheu de gás os times que o perseguiam na tabela do Brasileirão.

É um dos elementos importantes do campeonato por pontos corridos. Os resultados de quem joga antes podem determinar o ânimo das equipes que brigam por posições.

Atlético-MG, Inter, São Paulo e Flamengo aproveitaram a empolgação para vencer e encostar na primeira posição. Da mesma forma, o Palmeiras pode ser pressionado antes mesmo de voltar a entrar em campo no jogo contra o Goiás, na próxima quinta-feira. No mesmo dia, o Atlético-MG visita o Fluminense.

Um dia antes, no entanto, o Flamengo joga for de casa contra o Barueri e pode igualar a pontuação do líder. No Morumbi, São Paulo e Inter fazem um confronto direto que, se tiver vencedor, vai apontar um novo dono da primeira posição no Brasileirão. Ao menos por uma noite.

Autor: - Categoria(s): Brasileirão Tags: , , , , , , , , , ,
18/08/2009 - 15:56

HISTÓRIAS DAS COPAS 68

Compartilhe: Twitter

A Copa do Mundo de 54, disputada na Suíça, foi a primeira com numeração fixa para os jogadores, de 1 a 22. O técnico Zezé Moreira convocou quatro jogadores do Fluminense (Castilho, Pinheiro, Didi, Veludo), quatro do São Paulo (Bauer, Alfredo Ramos, Mauro Ramos, Maurinho), três atletas da Portuguesa (Djalma Santos, Brandãozinho, Julinho), três do Vasco (Pinga, Paulinho de Almeida, Ely) e três do Flamengo (Dequinha, Índio, Rubens). E ainda dois corintianos (Baltazar, Cabeção), dois palmeirenses (Rodrigues, Humberto Tozzi), além do botafoguense Nilton Santos.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
08/08/2009 - 16:45

HISTÓRIAS DAS COPAS 58

Compartilhe: Twitter

A Copa de 50 foi a primeira em que a seleção teve convocados de fora do eixo Rio-SP. O atacante Adãozinho e o zagueiro Nena, do Internacional, integraram a lista 22 atletas. O Vasco foi a base da equipe com 8 jogadores: Ademir, Alfredo II, Augusto, Barbosa, Chico, Danilo Alvim, Ely e Maneca. O grupo tinha ainda Baltazar (Corinthians), Bauer, Friaça, Noronha e Rui (São Paulo), Bigode (Flamengo), Castilho (Fluminense), Jair Rosa Pinto, Rodrigues e Juvenal (Palmeiras), Nilton Santos (Botafogo) e Zizinho (Bangu).

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
03/08/2009 - 18:23

HISTÓRIAS DAS COPAS 53

Compartilhe: Twitter

Ademir Marques de Menezes entrou para a história do futebol brasileiro com o apelido de ‘Queixada’ e por ter sido o artilheiro da Copa do Mundo de 1950, com nove gols marcados em seis jogos. Nascido em Recife, Ademir começou a carreira no Sport, mas foi no Vasco que alcançou fama ao liderar um dos maiores times de todos os tempos, o Expresso da Vitória. Ainda defendeu o Fluminense em intervalo de dois anos na década de 40. Hábil e veloz nas arrancadas, Ademir jogava em todos os setores do ataque e tinha capacidade de finalizar com força e precisão sem tomar distância da bola.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , , ,
26/07/2009 - 19:47

O LADO BOM E O RUIM

Compartilhe: Twitter

Muricy Ramalho assume o Palmeiras definitivamente nesta segunda-feira e a estreia está marcada para quarta contra o Fluminense no Palestra Itália.

Não tinha como receber o elenco com astral melhor depois da vitória por 3×0 no clássico contra o Corinthians que fez a equipe encostar no Atlético-MG na briga pela liderança do Brasileirão.

Por outro lado, a expectativa pelos resultados do trabalho dele é enorme. E o que se pode esperar de um treinador que ganhou as últimas três edições do campeonato nacional? E que pega o time quase na primeira posição? Melhorar é só levar a taça para o Palestra Itália. A única opção de Muricy para ter sucesso nesta temporada. As chances são boas…

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , , , , , , , , ,
20/07/2009 - 17:38

HISTÓRIAS DAS COPAS 39

Compartilhe: Twitter

Para a segunda partida do Brasil na Copa de 38, contra a Tchecoslováquia, o técnico Adhemar Pimenta mudou apenas o goleiro, trocando Batatais, do Fluminense, por Walter, do Flamengo. O jogo em Bordeaux e terminou com empate por 1×1 e três jogadores expulsos: os brasileiros Zezé Procópio e Machado e o tcheco Riha. No desempate, dois dias depois, Pimenta mudou nove atletas do time titular e o Brasil venceu por 2×1 para chegar às semifinais pela primeira vez na história.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , ,
18/07/2009 - 17:25

HISTÓRIAS DAS COPAS 37

Compartilhe: Twitter

Resolvidos os conflitos regionais, a seleção finalmente teve jogadores de fora do Rio de Janeiro na Copa de 38, na França, mas só clubes paulistas cederam atletas. Foram cinco: Argemiro, da Portuguesa Santista, Brandão, Jaú e Lopes do Corinthians e Luisinho, do Palestra Itália. A equipe tinha ainda alguns grandes craques do futebol brasileiro: o zagueiro Domingos da Guia e o atacante Leônidas da Silva, que atuavam no Flamengo, e o também atacante Romeu Pellicciari, que era do Fluminense.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,
16/07/2009 - 00:32

NÃO DÁ PARA EXPLICAR

Compartilhe: Twitter

Ainda não consegui entender como o Cruzeiro deixou escapar o título da Copa Libertadores em pleno Mineirão e com 1×0 no placar já no segundo tempo.

Uma pena também que a partida não tivesse a atenção merecida por ter que concorrer com mais de meia rodada do Brasileirão.

Eu, por exemplo, por obrigação profissional, fiquei divido entre a final de BH e os jogos Santos x Barueri, Inter x Fluminense e Flamengo x Palmeiras pelo Brasileirão. Outras tantas pessoas não puderam escolher. Uma pena…

Autor: - Categoria(s): Brasileirão, Libertadores Tags: , , , , , , , , ,
17/06/2009 - 23:45

HISTÓRIAS DAS COPAS 7

Compartilhe: Twitter

Uma briga política fez que com a delegação brasileira para a primeira Copa do Mundo da história, no Uruguai, tivesse fosse quase toda formada por atletas de clubes do Rio de Janeiro. Dos 24 jogadores, 5 eram do Fluminense, 4 de Botafogo e Vasco, 3 do São Cristóvão, 2 de Flamengo, América e Ypiranga de Niterói e 1 do Americano de Campos. O único paulista era Araken Patusca, que era jogador do Santos, mas atuou vinculado à CBD, que era responsável pela seleção.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Seleção Tags: , , , , , , , , , ,
Voltar ao topo