Publicidade

Publicidade

12/08/2009 - 16:07

QUASE NADA

Compartilhe: Twitter

Como se esperava, o amistoso Estônia 0x1 Brasil foi fraco e valeu pouco mais do que um cochilo no meio da tarde de quarta-feira. Isso tudo a menos de um mês de um jogo importante contra a Argentina e a menos de um ano para a Copa do Mundo. A data deveria ter aproveitamento melhor.

Ver Luis Fabiano jogando bem e marcando gol não foi novidade no ataque. Pelo menos Diego Tardelli teve um tempo razoável para estrear com apresentação interessante.

No meio-campo, Elano não foi titular mesmo com a lesão de Ramires e vai ter que jogar muito pelo Galatasaray, seu novo clube, para manter a vaga no grupo. Kléberson esteve mal e se machucou no primeiro tempo, dando chance a Elano. E Júlio Baptista foi a opção de Dunga quando Kaká deixou o gramado. A seleção precisa ter no banco de um meia mais talentoso, com mais capacidade de criação.

E na lateral-esquerda, a posição mais carente, André Santos teve atuação apenas discreta. Quando Roberto Carlos estiver bem fisicamente, André deve ser meia no Fenerbahce, da Turquia. Será mesmo a melhor opção para o Brasil no setor?

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Seleção Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
Voltar ao topo