Publicidade

Publicidade

24/11/2009 - 15:12

OS MELHORES DO BRASILEIRÃO

Compartilhe: Twitter

Ainda restam duas rodadas, que de tão importantes, podem valer muitos pontos a favor ou contra os atletas de acordo com o desempenho, mas já dá para ter uma boa ideia dos destaques do Brasileirão.

No embalo da divulgação dos indicados ao Prêmio Craque Brasileirão pela CBF, registro aqui a minha opinião sobre os protagonistas da competição.

No gol, nem Bruno (Flamengo), nem Marcos (Palmeiras), nem Victor (Grêmio). Para mim, o melhor foi Fábio, do Cruzeiro.

Nas laterais, escolho os indicados Léo Moura (Flamengo) e Júlio César (Goiás) e estranho a presença do palmeirense Armero do lado esquerdo.

A dupla de zaga mais segura é mesmo André Dias e Miranda, do São Paulo, mas Danilo (Palmeiras) e Réver (Grêmio) também foram bem.

A lesão fez Pierre (Palmeiras) perder espaço para Sandro (Inter) e Willians (Flamengo). Cleiton Xavier (Palmeiras) e Petkovic (Flamengo) completam o meio.

No ataque, Fred (Fluminense) e Adriano (Flamengo) foram os melhores e Diego Tardelli (Atlético-MG) foi outro que teve um grande ano.

Gostei muito da indicação de Paulo Silas, do Avaí, com um dos principais treinadores, mas o número 1 na função foi Andrade, que comandou a arrancada do Flamengo para a disputa do título.

Para completar, a arbitragem: Heber Roberto Lopes viveu a melhor temporada da carreira e foi o grande nome do apito no Brasileirão.

E o craque da competição? Prefiro esperar pelas rodadas finais para saber quem vai decidir. Basta lembrar que eleições antes da decisão deixaram Zidane sem o prêmio de melhor da Copa de 98, assim como Ronaldo em 2002.

Autor: - Categoria(s): Brasileirão Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
08/11/2009 - 20:40

PET, LOVE E O FUTEBOL

Compartilhe: Twitter

Analisar o futebol é, muitas vezes, tentar adivinhar o que vai acontecer. Serve para uma rodada, um campeonato inteiro ou até o que pode ser de uma contratação.

Em meio à disputa do Brasileirão, o Palmeiras fez o que muitos clubes queriam. Contratou o artilheiro Vágner Love, que viria ao Brasil louco para mostrar serviço a Dunga e jogar a Copa do Mundo.

Enquanto isso, o Flamengo fez um acerto mais contábil do que futebolístico com o veterano sérvio Petkovic, que não jogava bem há algum tempo.

O que aconteceu foi, basicamente, o contrário do que todos imaginavam.

Decepções – Inter e Goiás fazem campanhas terríveis no 2o turno. São as grandes decepções da segunda parte do Brasileirão.

Rebaixamento – Flu pode escapar por causa dos jogos difíceis que Botafogo e Coritiba ainda têm pela frente. O Coxa recebe Atlético-MG e Fluminense e visita Santos e Cruzeiro, enquanto o Bota vai encarar São Paulo e Palmeiras no Rio e Barueri e Atlético-PR fora de casa.

Autor: - Categoria(s): Brasileirão Tags: , , , , , , , , , , , , ,
25/10/2009 - 20:43

O COMBUSTÍVEL DE CADA UM

Compartilhe: Twitter

Com tropeços seguidos, especialmente a derrota da última quarta-feira para o Santo André, o Palmeiras encheu de gás os times que o perseguiam na tabela do Brasileirão.

É um dos elementos importantes do campeonato por pontos corridos. Os resultados de quem joga antes podem determinar o ânimo das equipes que brigam por posições.

Atlético-MG, Inter, São Paulo e Flamengo aproveitaram a empolgação para vencer e encostar na primeira posição. Da mesma forma, o Palmeiras pode ser pressionado antes mesmo de voltar a entrar em campo no jogo contra o Goiás, na próxima quinta-feira. No mesmo dia, o Atlético-MG visita o Fluminense.

Um dia antes, no entanto, o Flamengo joga for de casa contra o Barueri e pode igualar a pontuação do líder. No Morumbi, São Paulo e Inter fazem um confronto direto que, se tiver vencedor, vai apontar um novo dono da primeira posição no Brasileirão. Ao menos por uma noite.

Autor: - Categoria(s): Brasileirão Tags: , , , , , , , , , ,
23/08/2009 - 21:57

QUEM VAI ARRANCAR AGORA?

Compartilhe: Twitter

Goiás, São Paulo e Avaí foram os times que arrancaram nas últimas rodadas do primeiro turno. Goianos e catarinenses já estão na briga por uma vaga na Libertadores e o tricolor paulista segue na disputa pelo título do Brasileirão, mesmo com a derrota deste domingo para o Atlético-PR.

Agora, dois times ameaçam consolidar reação, subir na tabela e entrar de vez no bolo das primeiras posições: Grêmio e Cruzeiro. Mais do que bons resultados em jogos recentes, as equipes têm mostrado bom futebol e possuem elencos com qualidade suficiente para vencer muito no returno.

Dois protagonistas ainda oscilam e podem mudar o jogo de forças no Brasileirão 2009. O líder Palmeiras venceu jogo importante contra o Inter depois de sequência ruim, mas ainda terá o duríssimo clássico contra o São Paulo para provar para o próprio grupo que o penta é possível.

Já o Corinthians espera pelo retorno de Ronaldo para voltar ao melhor nível. Mesmo com perdas em relação à equipe que conquistou o Paulistão e a Copa do Brasil, não está tão longe do G-4 e ainda pode entrar na briga nos decisivos meses de setembro, outubro e novembro.

Autor: - Categoria(s): Brasileirão Tags: , , , , , , , , , , , , ,
24/05/2009 - 23:57

CONFIRMANDO O FAVORITISMO

Compartilhe: Twitter

Não são apenas três vitórias em três rodadas. O Inter tem também dois triunfos como visitante (1×0 sobre o Corinthians e 1×0 sobre o Goiás). E além de bater o Corinthians, o Colorado ainda ganhou do Palmeiras, outro time do grupo dos fortes candidatos ao título de 2009.

Náutico e Atlético-MG, que estão logo atrás na tabela, não devem acompanhar o time gaúcho. Mesmo dividindo atenções com a Copa do Brasil, o Inter iniciou muito bem a participação no longo Brasileirão. A equipe titular é ótima e há reservas bons em várias posições. Na era dos pontos corridos, só o Cruzeiro de 2003 e o São Paulo de 2007 foram favoritos tão destacados.

Autor: - Categoria(s): Brasileirão, Sem categoria Tags: , , , , , , , , ,
08/05/2009 - 15:42

QUANDO NÃO GOSTAMOS DAS REGRAS

Compartilhe: Twitter

Regras têm ser cumpridas, mas isso não quer dizer que não devam ser discutidas e revistas. Duas delas me incomodaram um tanto esta semana.

A primeira é a dos gols marcados como visitante como critério de desempate. No duelo que terminou ontem pela Copa do Brasil, por exemplo, dá para dizer que o Fluminense foi superior ao Goias? É possível chegar à essa conclusão pelo simples fato de o Flu ter marcado duas vezes fora de casa contra um do Goiás? A diferença de saldo deve ser respeitada, mas os tais gols fora de casa poderiam ser substutuídos pelas velhas e boas prorrogação e disputa de pênaltis.

O outro problema foi a suspensão de Diego para a final da Copa da Uefa. Conversei ontem com o meia brasileiro do Werder Bremen no Magazine Bandsports e pude sentir a decepção. O principal jogador do time perde uma decisão de jogo único por causa da sequência de amarelos. E a advertência que motivou a punição veio depois de uma discussão com o também brasileiro Alex Silva, do Hamburgo. Até entendo a suspensão por acúmulo de cartões em campeonatos por pontos corridos. Mas na Copa da Uefa, não era o caso.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , , , , , , , , ,
Voltar ao topo