Publicidade

Publicidade

22/08/2009 - 16:44

HISTÓRIAS DAS COPAS 72

Compartilhe: Twitter

Depois da goleada sobre o México, o técnico Zezé Moreira manteve a escalação da seleção para o jogo contra a Iugoslávia. Como os dois times haviam vencido na primeira rodada do grupo 1, a partida no estádio de La Pontaise, em Lausanne, seria decisiva. Branko Zebec colocou os iugoslavos na frente no início do 2º tempo, mas Didi garantiu o empate para o Brasil. Na prorrogação, as duas equipes ficaram no 0x0 e os brasileiros se classificaram em 1º lugar graças ao saldo de gols.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , ,
16/08/2009 - 12:21

HISTÓRIAS DAS COPAS 66

Compartilhe: Twitter

O grupo 2 da Copa de 54 teve 41 gols marcados em apenas cinco partidas, uma média incrível de mais de oito gols por jogo. O placar mais baixo foi a goleada da Alemanha Ocidental sobre a Turquia por 4×2. A Hungria fez 9×0 sobre a Coréia e 8×3 sobre Alemanha Ocidental. A Turquia bateu os coreanos por 7×0 e perdeu para os alemães por 7×2.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , , ,
10/08/2009 - 17:55

HISTÓRIAS DAS COPAS 60

Compartilhe: Twitter

Empolgada pelos resultados da seleção, a torcida carioca encheu o Maracanã e empurrou o time com mais de 152 mil vozes para outra goleada. Com dois gols de Ademir, um de Jair, um de Zizinho e dois de Chico, o Brasil arrasou a Espanha e com a vitória por 6×1 ficou com vantagem para a rodada decisiva do Mundial de 50. O duelo seria três dias depois, no mesmo Maracanã, contra o Uruguai, que manteve chances de conquistar o título ao bater a Suécia por 3×2.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , , , ,
09/08/2009 - 17:55

HISTÓRIAS DAS COPAS 59

Compartilhe: Twitter

O técnico Flávio Costa manteve o time da vitória sobre a Iugoslávia para o início do quadrangular decisivo da Copa de 50. Quase 140 mil torcedores foram ao Maracanã ver um show de Ademir de Menezes, que marcou quatro vezes na goleada por 7×1 sobre a Suécia. Completaram o placar Maneca e Chico, que fez dois gols. O resultado colocou o Brasil na liderança, já que Uruguai e Espanha empataram por 2×2 no mesmo dia 9 de julho, só que no
Pacaembu.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , , , , ,
Voltar ao topo