Publicidade

Publicidade

06/11/2009 - 13:51

HISTÓRIAS DAS COPAS 148

Compartilhe: Twitter

Com a entrada de Paulo César Caju no lugar de Gérson, que estava machucado, o Brasil enfrentou a Inglaterra pela 2ª rodada da 1ª fase da Copa de 70, num encontro entre os dois últimos campeões do mundo. No começo do jogo, aos 10 minutos, o goleiro inglês Gordon Banks evitou gol de cabeça de Pelé na maior defesa de todos os tempos na história das copas. A partida equilibrada foi decidida aos 14 minutos do segundo tempo, depois de grande jogada de Tostão, passe de Pelé e o gol de Jairzinho para garantir a vitória brasileira por 1×0.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , ,
26/08/2009 - 13:00

"PENSO MAIS NO PALMEIRAS QUE NA SELEÇÃO", DIZ MARCOS

Compartilhe: Twitter

Estive ontem com o goleiro Marcos no programa ENCONTRO DE CRAQUES, do canal Bandsports. No momento da inevitável pergunta sobre a Copa de 2010, o campeão do mundo em 2002 revelou que o Palmeiras é o grande objetivo da carreira neste momento.

Marcão fez questão de não desprezar uma convocação, mas ao contrário de 2002, não tem mais a seleção como grande meta neste momento e diz estar muito mais focado no Palmeiras. É possível que uma conversa com Dunga coloque o camisa 12 em sintonia com o que quer o treinador para o grupo que deve disputar o Mundial na África do Sul.

Marcos pode ser peça importante para a seleção por reunir excelentes condições técnicas, experiência (também em Copa do Mundo) e por ser muito bom relacionamento, reconhecido como um dos mais queridos jogadores do futebol brasileiro. E você, acha que Marcos ainda cabe na seleção?

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , , , , , , , , , , ,
20/07/2009 - 17:38

HISTÓRIAS DAS COPAS 39

Compartilhe: Twitter

Para a segunda partida do Brasil na Copa de 38, contra a Tchecoslováquia, o técnico Adhemar Pimenta mudou apenas o goleiro, trocando Batatais, do Fluminense, por Walter, do Flamengo. O jogo em Bordeaux e terminou com empate por 1×1 e três jogadores expulsos: os brasileiros Zezé Procópio e Machado e o tcheco Riha. No desempate, dois dias depois, Pimenta mudou nove atletas do time titular e o Brasil venceu por 2×1 para chegar às semifinais pela primeira vez na história.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , ,
Voltar ao topo