Publicidade

Publicidade

27/09/2009 - 19:36

A ARTE DE EVITAR GOLS

Compartilhe: Twitter

Em um ótimo fim de semana para o líder Palmeiras na briga pelas primeiras posições do Brasileirão, os destaques não foram artilheiros. E não se deixe enganar pela primeira impressão sobre o título do post, também não vou tratar de goleiros. Os grandes nomes da 26a rodada foram um zagueiro e um volante que quase não entraram em campo.

O palmeirense Danilo dependia do pagamento de multa para o Atlético-PR, que o emprestou para o Palmeiras, e foi brilhante na vitória sobre o time paranaense por 2×1. Não só por participar dos dois gols, mas principalmente por um lance aos 37 minutos do segundo tempo. O Palmeiras tinha vantagem no placar e viu Paulo Baier se livrar o goleiro Marcos e bater para o gol. Danilo esticou o pé direito para garantir o resultado.

Richarlyson mal treinou durante a semana e chegou ao Morumbi como dúvida do São Paulo para o clássico contra o Corinthians. Não só entrou em campo, mas foi decisivo ao correr atrás de Ronaldo depois de uma falha aos 22 minutos da segunta etapa. Em velocidade, o volante foi preciso ao desarmar o craque corintiano, que já se preparava para marcar 2×0.

Assim é um campeonato equilibrado. Imagine só se os dois não entram em campo…

Autor: - Categoria(s): Brasileirão Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,
22/09/2009 - 18:25

HISTÓRIAS DAS COPAS 103

Compartilhe: Twitter

Marcar um gol em um dos maiores goleiros de todos os tempos é tarefa para poucos. Se o lance for decisivo em uma Copa do Mundo a importância fica ainda maior. Esses elementos fizeram com que o chileno Eladio Rojas não segurasse a emoção ao balançar as redes da campeã europeia União Soviética do Mundial de 62. Ao garantir a classificação chilena para as semifinais com a vitória por 2×1, Rojas deu um forte abraço no craque Lev Yashin, o “Aranha Negra”, goleiro que ganharia no ano seguinte o prêmio Bola de Ouro como melhor jogador da Europa.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , ,
24/02/2009 - 20:00

GOLEIROS DO BRASIL

Compartilhe: Twitter

Os primeiros quatro jogos de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa (Atlético de Madrid 2×2 Porto, Lyon 1×1 Barcelona, Arsenal 1×0 Roma, Inter 0x0 Manchester United) tiveram um golaço de Juninho Pernambucano e outros destaques brasileiros debaixo das traves.

Hélton levou um baita frango, mas foi consolado por companheiros quando o Porto arrancou o bom empate fora de casa contra o Atlético. Já Júlio César teve mais uma atuação impecável e foi decisivo no empate da Inter com o Manchester United.

O ex-goleiro do Flamengo vive a melhor fase da carreira. Muito seguro e experiente, Júlio briga hoje pela condição de melhor goleiro do mundo, status que Marcos, Dida e Rogério Ceni atingiram nos últimos anos. E para o futuro o Brasil tem Renan, do Valencia, Diego Alves, do Almería, e Diego Cavalieri, do Liverpool. A posição está garantida.

Autor: - Categoria(s): Futebol europeu, Seleção Tags: , , , ,
Voltar ao topo