Publicidade

Publicidade

24/11/2009 - 15:12

OS MELHORES DO BRASILEIRÃO

Compartilhe: Twitter

Ainda restam duas rodadas, que de tão importantes, podem valer muitos pontos a favor ou contra os atletas de acordo com o desempenho, mas já dá para ter uma boa ideia dos destaques do Brasileirão.

No embalo da divulgação dos indicados ao Prêmio Craque Brasileirão pela CBF, registro aqui a minha opinião sobre os protagonistas da competição.

No gol, nem Bruno (Flamengo), nem Marcos (Palmeiras), nem Victor (Grêmio). Para mim, o melhor foi Fábio, do Cruzeiro.

Nas laterais, escolho os indicados Léo Moura (Flamengo) e Júlio César (Goiás) e estranho a presença do palmeirense Armero do lado esquerdo.

A dupla de zaga mais segura é mesmo André Dias e Miranda, do São Paulo, mas Danilo (Palmeiras) e Réver (Grêmio) também foram bem.

A lesão fez Pierre (Palmeiras) perder espaço para Sandro (Inter) e Willians (Flamengo). Cleiton Xavier (Palmeiras) e Petkovic (Flamengo) completam o meio.

No ataque, Fred (Fluminense) e Adriano (Flamengo) foram os melhores e Diego Tardelli (Atlético-MG) foi outro que teve um grande ano.

Gostei muito da indicação de Paulo Silas, do Avaí, com um dos principais treinadores, mas o número 1 na função foi Andrade, que comandou a arrancada do Flamengo para a disputa do título.

Para completar, a arbitragem: Heber Roberto Lopes viveu a melhor temporada da carreira e foi o grande nome do apito no Brasileirão.

E o craque da competição? Prefiro esperar pelas rodadas finais para saber quem vai decidir. Basta lembrar que eleições antes da decisão deixaram Zidane sem o prêmio de melhor da Copa de 98, assim como Ronaldo em 2002.

Autor: - Categoria(s): Brasileirão Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
25/09/2009 - 12:36

CBF vs CBF! DE NOVO!

Compartilhe: Twitter

É de impressionar o descaso da CBF com o Brasileirão. Marcar duas rodadas da competição para o período em que a seleção estará reunida para os últims jogos das Eliminatórias é um absurdo.

Como ficarão os clubes sem alguns de seus principais jogadores no momento decisivo?

Dunga não tem culpa na história e não pode economizar nos testes tão perto da Copa do Mundo. Por isso, chamou Victor, goleiro do Grêmio, Miranda, zagueiro do São Paulo, Sandro, volante do Inter, Diego Souza, meia do Palmeiras, Diego Tardelli, atacante do Atlético-MG e Adriano, atacante do Flamengo.

Bobagens de dirigentes à parte, foi boa a convocação de Dunga. Ainda acho que Fábio Aurélio (lateral-esquerdo do Liverpool), Diego (meia da Juventus) e Grafite (atacante do Wolfsburg) merecem oportunidades para testes.

Autor: - Categoria(s): Brasileirão, Copa 2010 Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
23/08/2009 - 21:57

QUEM VAI ARRANCAR AGORA?

Compartilhe: Twitter

Goiás, São Paulo e Avaí foram os times que arrancaram nas últimas rodadas do primeiro turno. Goianos e catarinenses já estão na briga por uma vaga na Libertadores e o tricolor paulista segue na disputa pelo título do Brasileirão, mesmo com a derrota deste domingo para o Atlético-PR.

Agora, dois times ameaçam consolidar reação, subir na tabela e entrar de vez no bolo das primeiras posições: Grêmio e Cruzeiro. Mais do que bons resultados em jogos recentes, as equipes têm mostrado bom futebol e possuem elencos com qualidade suficiente para vencer muito no returno.

Dois protagonistas ainda oscilam e podem mudar o jogo de forças no Brasileirão 2009. O líder Palmeiras venceu jogo importante contra o Inter depois de sequência ruim, mas ainda terá o duríssimo clássico contra o São Paulo para provar para o próprio grupo que o penta é possível.

Já o Corinthians espera pelo retorno de Ronaldo para voltar ao melhor nível. Mesmo com perdas em relação à equipe que conquistou o Paulistão e a Copa do Brasil, não está tão longe do G-4 e ainda pode entrar na briga nos decisivos meses de setembro, outubro e novembro.

Autor: - Categoria(s): Brasileirão Tags: , , , , , , , , , , , , ,
12/07/2009 - 21:28

TEMOS ZAGUEIROS

Compartilhe: Twitter

A Copa de 2006 já está distante, mas não dá para esquecer dos poucos que se salvaram do fracasso na Alemanha. Os zagueiros Lúcio e Juan conseguiram terminar o mundial com imagem ótima.

De lá para cá, Alex aproveitou bem as chances que teve no Chelsea. Thiago Silva se confirmou como grande nome para a posição e só deve precisar de uma sequência de jogos no Milan para garantir vaga na seleção.

E enquanto Juan, instável fisicamente, segue muito bem do ponto de vista técnico, Lúcio se mostra em plena forma e obriga o Bayern de Munique a rever a decisão de dispensá-lo.

Mas os bons zagueiros brasileiros não estão só em clubes europeus. Miranda está voando no São Paulo. Contra o Flamengo, correu para corrigir erros dos companheiros Renato Silva e Jean Rolt e ainda arrumou tempo para armar as jogadas dos dois gols do tricolor.

E o que dizer do Corinthians sem William e principalmente Chicão? Desfalcado da zaga titular, o campeão da Copa do Brasil não foi páreo para o Grêmio. Ronaldo é o diferencial, Felipe, Elias e Cristian estão em grande fase, mas o que seria da equipe sem a consistência da defesa?

Autor: - Categoria(s): Brasileirão Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
10/05/2009 - 23:13

QUANTO MAIS LONGE PIOR

Compartilhe: Twitter

Quatro campeão estaduais (Inter, Cruzeiro, Corinthians e Flamengo) e outros quatro times (São Paulo, Palmeiras, Grêmio e Fluminense) começaram o Brasileirão como fortes candidatos ao título. Os oito ainda estão envolvidos na Copa Libertadores (Cruzeiro, São Paulo, Palmeiras e Grêmio) ou na Copa do Brasil (Inter, Corinthians, Flamengo e Fluminense).

O desempenho dessas equipes nas competições eliminatórias deve ser a primeira peneirada na relação de favoritos ao Campeonato Brasileiro. Quanto mais longe um clube for na Libertadores ou na Copa do Brasil, mais distante tende a ficar da taça do Brasileirão.

Se alguns treinadores pouparam times inteiros na primeira rodada com a Copa do Brasil no começo das quartas de final e a Libertadores no meio das oitavas, imaginem só quando a coisa estiver mais perto da definição.

Quanto ao que se viu em campo, muito bom o jogo do Mineirão entre Cruzeiro e Flamengo e espetaculares os gols de Nilmar no Pacaembu (Corinthians 0x1 Inter) e de Maurício no Maracanã (Fluminense 1×0 São Paulo).

Autor: - Categoria(s): Brasileirão, Estaduais, Libertadores Tags: , , , , , , , , , ,
26/02/2009 - 00:46

QUARTA-FEIRA

Compartilhe: Twitter

O dia foi uma maravilha para quem gosta de futebol. Vou falar do que vi, começando pela Liga dos Campeões. Bom jogo entre Chelsea e Juventus, na vitória do time inglês por 1×0. Não acho que o time inglês tenha resolvido jogar depois da saída de Felipão. Os últimos resultados poderiam ter sido obtidos com o treinador brasileiro no comando.

Grande desempenho do Liverpool na vitória sobre o Real Madrid, na Espanha, por 1×0. E excelente o resultado do Bayern de Munique em Portugal: goleada por 5×0 sobre o Sporting, vaga nas quartas garantida e um pouco de sossego para o técnico Jürgen Klinsmann.

No Paulistão, valeu a pena ver os 90 e poucos minutos de São Caetano 3×4 Palmeiras. A bola não parou. Emoção o tempo todo. Foram alguns erros e muitos acertos dos dois lados. Até pela superioridade técnica, o Palmeiras mereceu a vitória e poderia ter feito uns oito se não fosse a boa atuação do goleiro Luiz. Depois de levar 2×0 em menos dez minutos, os palmeirenses mostraram força para reagir. Apesar da derrota, o time do ABC mostrou ser bem montado pelo técnico Vadão e tem tudo para terminar a primeira fase na parte de cima da tabela, entre os 10 melhores.

A quarta-feira foi uma pena para os brasileiros na Libertadores. O Cruzeiro tentou cozinhar o jogo com a vantagem de 1×0 e a expulsão de Wellington Paulista ao final do primeiro tempo, mas foi castigado nos acréscimos e perdeu dois pontos com o empate por 1×1. O Grêmio perdeu gols demais e acabou o dia lamentando o 0x0 com a Universidad de Chile.

Autor: - Categoria(s): Estaduais, Futebol europeu, Libertadores Tags: , , , , , , , ,
29/01/2009 - 02:50

DOIS BRASILEIROS ENTRE OS FAVORITOS

Compartilhe: Twitter

A Libertadores começa nesta quinta para os clubes brasileiros com dois times do país entre os favoritos. O São Paulo, campeão brasileiro, reforçou bem a forte base de 2008 e aparece como o principal candidato a levantar a taça, mas o Palmeiras deu mostras de que a equipe tem potencial para estar logo entre as mais fortes do continente.

O Cruzeiro é incógnita, pois ainda não se sabe como o time vai reagir sem o ótimo Guilherme. É importante também que o técnico Adílson Batista acerte a defesa, setor frágil no ano passado e que teve muitas mudanças para a atual temporada.

Já o Grêmio parece ter encontrado o seu grande momento no Brasileirão. Não vejo o tricolor gaúcho com forças para chegar às finais por faltarem opções ao técnico Celso Roth e pelo fato de 2008 não ter acabado com um clima muito tranquilo no Olímpico.

O azarão brasileiro deve ser o Sport, que fez uma campanha mágica para chegar ao título da Copa do Brasil e, de lá para cá, perdeu muito de sua força. Apesar de ter a Ilha do Retiro como grande aliada, o time pernambucano depende demais do veterano Paulo Baier, que não deve ser suficiente para fazer o Leão chegar à reta final da Libertadores.

Autor: - Categoria(s): Libertadores Tags: , , , , ,
Voltar ao topo