Publicidade

Publicidade

01/11/2009 - 19:06

O MELHOR DO MUNDO EM OUTUBRO

Compartilhe: Twitter

O grande destaque do mês de novembro não apareceu na lista divulgada esta semana pela Fifa, que indicou os 23 jogadores que vão disputar o prêmio de melhor do mundo em 2009.

Ele também ainda não brilhou nos gramados dos principais palcos do futebol mundial. Aos 19 anos, o jovem Dominic Adiyiah se prepara para deixar o Fredrikstad, da Noruega, para vestir a camisa do gigante Milan, da Itália.

Com oito gols marcados, o artilheiro foi o melhor jogador da seleção de Gana e do Mundial Sub-20 conquistado pelos africanos, no Egito. Tudo indica que o futuro vá colocá-lo em muitas das relações de principais jogadores do planeta.

Também foram muito bem nos últimos 30 dias o espanhol Fabregas, do Arsenal e o marfinense Drogba, do Chelsea. Em franca recuperação no Milan, Ronaldinho Gaúcho também merece destaque nas quatro semanas que passaram.

E mesmo sem jogar, Cristiano Ronaldo mostrou a sua importância em novembro. Sem o craque português, o Real Madrid despencou com derrotas para o Milan, pela Liga dos Campeões, e para o modesto Alcorcón, pela Copa do Rei.

Autor: - Categoria(s): Futebol europeu Tags: , , , , , , , , , , , ,
30/08/2009 - 18:41

O MELHOR DO MUNDO EM AGOSTO

Compartilhe: Twitter

Quando pensei em registrar aqui no blog o melhor do mundo em cada mês do ano, não imaginava que alguns períodos pudessem impor tanta dificuldade para a escolha. Com Libertadores definida e uma data-Fifa que teve basicamente amistosos, valeram rodadas intermediárias do Brasileirão e o início de alguns dos principais campeonatos da Europa e da Champions League.

Nesse comecinho de temporada europeia, o Arsenal chamou a atenção, mas não houve um grande destaque individual. Messi iniciou 2009-2010 no Barcelona como terminou as últimas competição: vencendo. Ainda não fez cair o queixo como em meses anteriores, mas segue na liderança do ano.

Me atrevo, portanto, a escolher Diego como o grande destaque do futebol mundial no mês de agosto. O meia chegou à Juventus com grande expectativa e nem precisou apelar para a falta de entrosamento ou ao período de adaptação. Foi jogando bem logo de cara. E como já foi decisivo em um clássico fora de casa e com dois golaços (Roma 1×3 Juventus), Diego começa a reconstruir a sua estrada para disputar a Copa do Mundo do ano que vem, na África do Sul, pela seleção brasileira.

Autor: - Categoria(s): Brasileirão, Copa 2010, Copa Sul-americana, Futebol europeu, Seleção Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,
Voltar ao topo