Publicidade

Publicidade

01/11/2009 - 19:06

O MELHOR DO MUNDO EM OUTUBRO

Compartilhe: Twitter

O grande destaque do mês de novembro não apareceu na lista divulgada esta semana pela Fifa, que indicou os 23 jogadores que vão disputar o prêmio de melhor do mundo em 2009.

Ele também ainda não brilhou nos gramados dos principais palcos do futebol mundial. Aos 19 anos, o jovem Dominic Adiyiah se prepara para deixar o Fredrikstad, da Noruega, para vestir a camisa do gigante Milan, da Itália.

Com oito gols marcados, o artilheiro foi o melhor jogador da seleção de Gana e do Mundial Sub-20 conquistado pelos africanos, no Egito. Tudo indica que o futuro vá colocá-lo em muitas das relações de principais jogadores do planeta.

Também foram muito bem nos últimos 30 dias o espanhol Fabregas, do Arsenal e o marfinense Drogba, do Chelsea. Em franca recuperação no Milan, Ronaldinho Gaúcho também merece destaque nas quatro semanas que passaram.

E mesmo sem jogar, Cristiano Ronaldo mostrou a sua importância em novembro. Sem o craque português, o Real Madrid despencou com derrotas para o Milan, pela Liga dos Campeões, e para o modesto Alcorcón, pela Copa do Rei.

Autor: - Categoria(s): Futebol europeu Tags: , , , , , , , , , , , ,
04/09/2009 - 11:47

HISTÓRIAS DAS COPAS 85

Compartilhe: Twitter

Uma história curiosa uniu dois finalistas da Copa do Mundo de 58, na Suécia. O veterano sueco Gunnar Gren se encontrou em campo com Pelé, de apenas 17 anos, tão jovem que não havia nem nascido no dia da estreia de Gren na seleção da Suécia, no dia 29 de agosto de 24. Pelé nasceria apenas no mês de outubro. Gunnar Gren disputou a Copa em casa aos 37 anos de idade, quando já tinha feito bela carreira na Itália, em clubes como Milan, Fiorentina e Genoa.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , ,
12/07/2009 - 21:28

TEMOS ZAGUEIROS

Compartilhe: Twitter

A Copa de 2006 já está distante, mas não dá para esquecer dos poucos que se salvaram do fracasso na Alemanha. Os zagueiros Lúcio e Juan conseguiram terminar o mundial com imagem ótima.

De lá para cá, Alex aproveitou bem as chances que teve no Chelsea. Thiago Silva se confirmou como grande nome para a posição e só deve precisar de uma sequência de jogos no Milan para garantir vaga na seleção.

E enquanto Juan, instável fisicamente, segue muito bem do ponto de vista técnico, Lúcio se mostra em plena forma e obriga o Bayern de Munique a rever a decisão de dispensá-lo.

Mas os bons zagueiros brasileiros não estão só em clubes europeus. Miranda está voando no São Paulo. Contra o Flamengo, correu para corrigir erros dos companheiros Renato Silva e Jean Rolt e ainda arrumou tempo para armar as jogadas dos dois gols do tricolor.

E o que dizer do Corinthians sem William e principalmente Chicão? Desfalcado da zaga titular, o campeão da Copa do Brasil não foi páreo para o Grêmio. Ronaldo é o diferencial, Felipe, Elias e Cristian estão em grande fase, mas o que seria da equipe sem a consistência da defesa?

Autor: - Categoria(s): Brasileirão Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
28/06/2009 - 17:38

COMPETITIVO COMO NUNCA

Compartilhe: Twitter

Ponto para o comando da CBF. Quando o Brasil perdeu para a França nas quartas de final da Copa do Mundo de 2006, na Alemanha, todos sentiram que faltaram vibração e disciplina para empurrar aquele timaço ao título.

A percepção foi decisiva para a escolha de Dunga, mesmo sem experiência, para a fuñção de treinador em substituição a Carlos Alberto Parreira. De lá para cá, a seleção pode não ter sido brilhante, mas foi competitiva como nunca.

Depois de levar a equipe à conquista da Copa América com vitória sobre a Argentina na final, o técnico agora comemora a Copa das Confederações com uma virada espetacular contra os EUA por 3×2.

Apesar dos dois gols norte-americanos no 1o tempo, cheios de méritos dos atacantes, o Brasil teve postura ofensiva e criou algumas chances, apesar do desempenho abaixo do esperado de Kaká e Robinho, jogadores decisivos para a seleção.

Sem opções no banco para criação de jogadas como Ronaldinho Gaúcho, ainda sob desconfiança no Milan, ou Alex, esquecido na Rússia depois de sair do Inter, Dunga recorreu a Daniel Alves e Elano.

Mais do que as mudanças, fizeram diferença o talento e a manutenção da postura ofensiva, além do maior acerto do treinador à frente da equipe: Luis Fabiano.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Seleção Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
27/03/2009 - 18:47

RESERVA DE LUXO

Compartilhe: Twitter

É difícil entender os motivos que levaram Ronaldinho Gaúcho a cair tanto de produção. Ele era tão espetacular, tão acima dos demais, que ainda hoje, mesmo tendo perdido aproximadamente 40% do rendimento, ainda é um jogador importante para o Milan e para a seleção brasileira.

Há três anos, não havia um torcedor no mundo todo que não admirasse o craque, então no Barcelona, e que não gostaria de vê-lo com a camisa do seu time. Contusão e noitadas são os motivos aparentes. Parece também que o craque perdeu um pouco da alegria de jogar.

Ainda assim, Ronaldinho é a melhor opção que Dunga tem para a ausência de Kaká. Reserva de luxo, ele é capaz de resolver o jogo em uma bela cobrança de falta ou em uma enfiada de bola. Além do mais, ninguém vai deixá-lo livre e pagar para ver se realmente o sorriso não é mais o mesmo.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , , , ,
26/03/2009 - 21:11

A ESCALAÇÃO DE DUNGA

Compartilhe: Twitter

Tudo o que vem da Granja Comary indica que Kaká não será titular no jogo de domingo contra o Equador, em Quito, pelas eliminatórias para a Copa do Mundo da África do Sul, em 2010. O craque do Milan faz treinos físicos, ainda sente incômodo no pé esquerdo e ainda não pode trabalhar normalmente com o resto do grupo.

Bom para Ronaldinho Gaúcho, que hoje é o reserva da posição no esquema de Dunga. De forma justa, diga-se de passagem, Elano conquistou uma vaga no time titular. Mais pelo que sempre faz com a camisa da seleção do que exatamente pela campanha com a camisa do Manchester City.

Na defesa, concordo com a escalação de Marcelo, que é, por sinal, a indicação para o setor de Roberto Carlos, ainda o melhor lateral-esquerdo que temos. Já na zaga, Luisão teria que ser reserva de Thiago Silva, mesmo que o ex-jogador do Fluminense não esteja atuando regularmente pelo Milan. Simplesmente por ser melhor.

E no meio, sigo sem entender a permanência de Gilberto Silva, mesmo com a boa lembrança de Felipe Mello.

Autor: - Categoria(s): Seleção Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,
16/02/2009 - 02:08

ITÁLIA

Compartilhe: Twitter

Incrível a tomada para cobranças de falta que está sendo usada nas transmissões de televisão do Campeonato Italiano em Milão. A cobertura do estádio Giuseppe Meazza / San Siro permite a instalação de equipamentos que, com o poder das lentes, colocam o espectador praticamente dentro do campo. Algo que lembra muito os atuais jogos de futebol nos videogames.

Dentro de campo, Pato confirmou a boa fase que só Dunga parece ignorar, mas não foi suficiente para garantir vítória ao Milan. Ou alguém imaginou que a lenta dupla de zaga Kaladze-Maldini conseguiria marcar o ótimo ataque Ibrahimovic-Adriano da Inter?

Autor: - Categoria(s): Futebol europeu Tags: , ,
Voltar ao topo