Publicidade

Publicidade

27/10/2009 - 16:25

HISTÓRIAS DAS COPAS 138

Compartilhe: Twitter

Quatro equipes que disputaram as quartas de final da Copa de 66 sequer conseguiram classificação para o Mundial de 70, no México. Na Europa, Portugal foi eliminado no grupo que tinha a Romênia e a campeã olímpica Hungria perdeu na classificação para a Tchecoslováquia. Na América do Sul, o Peru, do craque Cubillas, foi a surpresa ao garantir vaga e deixar a Argentina de fora. Já a Coreia do Norte não foi ao Mundial por se negar a jogar contra Israel.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , , , , ,
23/10/2009 - 14:44

HISTÓRIAS DAS COPAS 134

Compartilhe: Twitter

O craque português Eusébio se recuperou rápido da derrota na semifinal da Copa de 66 para a Inglaterra. Dois dias depois, ele voltou a marcar e ajudou Portugal a vencer a União Soviética, em Wembley, por 2×1, resultado que deu aos portugueses um inédito terceiro lugar em mundiais. Em seis jogos disputados no torneio, Eusébio alcançou a incrível marca de nove gols marcados. Nascido em Moçambique, antiga colônia portuguesa na África, Eusébio brilhou também com a camisa do Benfica, com 1 título europeu e 11 nacionais.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , ,
22/10/2009 - 13:07

HISTÓRIAS DAS COPAS 133

Compartilhe: Twitter

A Inglaterra chegou pela primeira vez a uma final da Copa do Mundo ao vencer a seleção de Portugal, do craque Eusébio, por 2×1, com dois gols do artilheiro Bobby Charlton, diante de quase 100 mil pessoas no estádio de Wembley, em Londres. O adversário na decisão seria a Alemanha Ocidental, que superou a União Soviética do goleiro Yashin com gols de Haller e Beckenbauer, em Liverpool.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , , , ,
21/10/2009 - 12:43

HISTÓRIAS DAS COPAS 132

Compartilhe: Twitter

A vitória da Inglaterra sobre a Argentina por 1×0 nas quartas de final da Copa de 66 foi tumultuada. Expulso ainda no 1º tempo, o capitão argentino Rattin ficou inconformado e levou oito minutos para deixar o gramado. Ao sair, sentou-se no tapete vermelho da tribuna real e desrespeitou a bandeira inglesa. Também foram para as semifinais a Alemanha, que goleou o Uruguai por 4×0, a União Soviética, que derrotou a Hungria por 2×1, e Portugal, que superou a surpreendente Coreia do Norte por 5×3.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , ,
19/10/2009 - 12:37

HISTÓRIAS DAS COPAS 130

Compartilhe: Twitter

O Brasil foi eliminado ainda na primeira fase da Copa de 66 no grupo 3, que teve Portugal e Hungria classificados para as quartas de final. Na chave 1, avançaram Inglaterra e Uruguai. Alemanha Ocidental e Argentina ficaram com as vagas no grupo 2. A União Soviética liderou a chave 4, que teve a surpreendente Coreia do Norte classificada em segundo lugar.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , ,
18/10/2009 - 16:51

HISTÓRIAS DAS COPAS 129

Compartilhe: Twitter

Alf Ramsey era defensor da seleção inglesa e participou da vergonhosa derrota para os EUA na primeira Copa disputada pelos ingleses, em 1950. Já como treinador, assumiu a Inglaterra em 63 com o objetivo de modernizar o futebol inglês. Centralizou as convocações, deu preferências a jogadores trabalhadores e obedientes e mudou o esquema 4-2-4 para o 4-4-2. Depois de classificar o time no grupo 1 da Copa de 66 contra Uruguai, México e França, Ramsey comandou o English Team em vitórias sobre a Argentina nas quartas de final, Portugal na semifinal e a Alemanha Ocidental na decisão.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , , ,
16/10/2009 - 20:08

HISTÓRIAS DAS COPAS 127

Compartilhe: Twitter

O jogo contra Portugal pela última rodada do grupo 3 da Copa de 66 foi a única oportunidade de muitos jogadores brasileiros em um mundial. A seleção foi escalada com Manga, Fidélis, Brito, Orlando e Rildo; Denílson e Lima; Jairzinho, Silva, Paraná e Pelé, que jogou com bandagem no joelho direito e ainda não estava 100% fisicamente. Simões e Eusébio abriram vantagem para os portugueses, Rildo diminuiu, mas Eusébio fechou o placar com vitória da seleção portuguesa, comandada pelo brasileiro Otto Glória, por 3×1 e a eliminação brasileira ainda na primeira fase do torneio.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,
15/10/2009 - 16:45

HISTÓRIAS DAS COPAS 126

Compartilhe: Twitter

Depois da derrota para a Hungria, o Brasil tentaria a recuperação no grupo 3 da Copa do Mundo de 66, na Inglaterra, contra a seleção de Portugal, que vinha de vitórias por 3×1 sobre os húngaros e 3×0 sobre a Bulgária, com o forte ataque comandando pelo craque Eusébio. O técnico Vicente Feola mudou quase todo o time do Brasil, com o retorno de Pelé. Só Lima foi mantido na equipe titular.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , ,
10/10/2009 - 14:12

HISTÓRIAS DAS COPAS 121

Compartilhe: Twitter

Pouco se sabia sobre a seleção da Coreia do Norte quando ela se classificou para a Copa de 66. O grupo de mais de trinta jogadores foi reunido quatro anos antes com o objetivo de fazer uma grande seleção. Depois de perder para a União Soviética e empatar com o Chile, a Coreia do Norte conseguiu a façanha de eliminar a Itália ao vencer por 1×0 para chegar às quartas de final. E na briga por uma vaga nas semifinais, uma outra surpresa ficou muito próxima: os norte-coreanos abriram 3×0 contra Portugal ainda no primeiro tempo, mas sucumbiram diante de um show do craque Eusébio, que marcou quatro vezes na virada para 5×3.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , ,
09/10/2009 - 18:02

HISTÓRIAS DAS COPAS 120

Compartilhe: Twitter

A classificação para a Copa de 66 teve surpresas na Europa com as eliminações de duas seleções que foram destaques no Mundial do Chile, quatro anos antes: a Tchecoslováquia, vice-campeã, ficou atrás de Portugal e a Iugoslávia, semifinalista em 62, parou na França. Na zona África / Ásia / Oceania, várias desistências entre os inscritos colocaram Coreia do Norte e Austrália na briga por uma vaga. Com vitórias por 6×1 e 3×1, os coreanos chegaram ao Mundial para fazer história na Inglaterra.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , ,
Voltar ao topo