Publicidade

Publicidade

30/10/2009 - 17:08

HISTÓRIAS DAS COPAS 141

Compartilhe: Twitter

As regras do futebol mudaram para a nona edição dos mundiais de futebol, a Copa de 70, no México. Cada equipe passou a ter permissão para fazer duas substituições durante um jogo. Os árbitros também ganharam a prerrogativa dos cartões, o amarelo como advertência e o vermelho para expulsar o atleta de campo. Pela primeira vez desde 50, nenhum jogador foi expulso em todas as 32 partidas da Copa.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , ,
07/10/2009 - 22:43

HISTÓRIAS DAS COPAS 118

Compartilhe: Twitter

O fim da colonização e a independência de vários países no mundo todo entre os anos 50 e 60 fizeram aumentar muito o número de países inscritos para a Copa do Mundo a partir de 66. Depois de décadas de aproximação entre a Fifa, organizadora dos mundiais, e os ingleses, inventores das regras do futebol, o torneio finalmente seria realizado na Inglaterra.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , ,
30/07/2009 - 18:57

HISTÓRIAS DAS COPAS 49

Compartilhe: Twitter

País que organizou as regras e formatou o futebol que conhecemos hoje, a Inglaterra recusou convites para as três primeiras edições dos mundiais, já que dirigentes do futebol britânico não aceitavam o comando da FIFA. Só em 50, na Copa disputada no Brasil, os ingleses decidiram participar da competição. A Inglaterra garantiu vaga ao vencer o British Home Championship. A Escócia ficou em segundo lugar, mas não quis disputar o mundial por não ter vencido o torneio local.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , ,
08/05/2009 - 15:42

QUANDO NÃO GOSTAMOS DAS REGRAS

Compartilhe: Twitter

Regras têm ser cumpridas, mas isso não quer dizer que não devam ser discutidas e revistas. Duas delas me incomodaram um tanto esta semana.

A primeira é a dos gols marcados como visitante como critério de desempate. No duelo que terminou ontem pela Copa do Brasil, por exemplo, dá para dizer que o Fluminense foi superior ao Goias? É possível chegar à essa conclusão pelo simples fato de o Flu ter marcado duas vezes fora de casa contra um do Goiás? A diferença de saldo deve ser respeitada, mas os tais gols fora de casa poderiam ser substutuídos pelas velhas e boas prorrogação e disputa de pênaltis.

O outro problema foi a suspensão de Diego para a final da Copa da Uefa. Conversei ontem com o meia brasileiro do Werder Bremen no Magazine Bandsports e pude sentir a decepção. O principal jogador do time perde uma decisão de jogo único por causa da sequência de amarelos. E a advertência que motivou a punição veio depois de uma discussão com o também brasileiro Alex Silva, do Hamburgo. Até entendo a suspensão por acúmulo de cartões em campeonatos por pontos corridos. Mas na Copa da Uefa, não era o caso.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , , , , , , , , ,
Voltar ao topo