Publicidade

Publicidade

24/03/2009 - 21:52

A FAVOR

Compartilhe: Twitter

Concordo com a proposta de Palmeiras, Santos, Fluminense, Cruzeiro, Botafogo e Bahia, que querem uma contagem única para títulos nacionais, incluindo as edições da Taça Brasil e do Robertão (Roberto Gomes Pedrosa), competições anteriores a 1971, quando a CBD (entidade que antecedeu a CBF), instituiu o Campeonato Brasileiro.

A despeito de os dois torneios terem sido disputados de forma simultânea em 67 e 68, representaram a ideia de encontro nacional que daria origem ao Brasileirão que conhecemos hoje. Mesmo esse Brasileirão, sofreu muitas mudanças ao longo dos anos, mas o valor dado às conquistas é o mesmo. Não considerar Taça Brasil e Robertão é o mesmo que menosprezar os estaduais do começo do século XX ou a primeira Libertadores, que tinha apenas sete clubes.

Mais importante que a quantidade é o contexto em que cada um desses campeonatos esteve inserido. Melhor do que esquecer a história, é contá-la e explicá-la.

Autor: - Categoria(s): Brasileirão Tags: , , , , , , ,
Voltar ao topo