Publicidade

Publicidade

03/08/2009 - 18:23

HISTÓRIAS DAS COPAS 53

Compartilhe: Twitter

Ademir Marques de Menezes entrou para a história do futebol brasileiro com o apelido de ‘Queixada’ e por ter sido o artilheiro da Copa do Mundo de 1950, com nove gols marcados em seis jogos. Nascido em Recife, Ademir começou a carreira no Sport, mas foi no Vasco que alcançou fama ao liderar um dos maiores times de todos os tempos, o Expresso da Vitória. Ainda defendeu o Fluminense em intervalo de dois anos na década de 40. Hábil e veloz nas arrancadas, Ademir jogava em todos os setores do ataque e tinha capacidade de finalizar com força e precisão sem tomar distância da bola.

Autor: - Categoria(s): Copa 2010, Histórias das Copas Tags: , , , , , , , , , , ,
13/05/2009 - 01:24

QUANDO UM GOLEIRO É CRAQUE

Compartilhe: Twitter

Só Rivaldo pode dizer que foi tão importante e decisivo para a seleção na final da Copa do Mundo de 2002, última conquista do Brasil, quanto Ronaldo e Marcos. Enquanto o craque canhoto, melhor do mundo em 99, insiste em jogar longe daqui (atualmente no Uzbequistão), os outros dois decidiram que o futebol brasileiro merecia vê-los em ação.

Depois de Ronaldo fazer das finais do Paulistão seu show particular, Marcos deixou para a Libertadores a demonstração de que ainda é um craque ao classificar o Palmeiras para as quartas de final com grandes defesas no tempo normal e atuação decisiva nos pênaltis contra o Sport.

Assim como Ronaldo, Marcos teve que superar uma série de problemas médicos e alguns psicológicos que são consequência do longo período de inatividade e do medo de que o físico nunca mais vai voltar aos 100%. O goleiro do Palmeiras é, além de um dos melhores da história do futebol brasileiro, outro grande exemplo de superação. Aos 36 anos, o camisa 12 admite que o maior medo neste momento é sofrer nova lesão.

Júlio César é o titular incontestável da seleção, mas Marcos, até pela pessoa que é e pela experiência que acumulou, ainda pode ser muito útil para o técnico Dunga.

Autor: - Categoria(s): Libertadores, Seleção Tags: , , , , , , , , , ,
11/05/2009 - 21:59

"PALMEIRAS VAI SOFRER NA ILHA", DIZ PEDRÃO

Compartilhe: Twitter

Autor do gol mais esquisito da primeira rodada do Brasileirão, o atacante Pedrão, do Barueri, atribuiu à sorte a jogada contra o Sport, no último sábado, mas destacou também o efeito da bola, depois de bater na mão do goleiro Magrão, e o gramado irregular da Ilha do Retiro.

Em entrevista ao Magazine Bandsports nesta segunda-feira, o artilheiro disse que os palmeirenses vão sofrer no duelo brasileiro da Libertadores nesta terça por causa da pressão da torcida e também pelas dificuldades impostas pelo terreno de jogo, que torna a movimentação em campo muito cansativa e certas jogadas imprevisíveis.

Goleador máximo do Paulistão, Pedrão admitiu que a negociação com o Santos deu errado, demonstração chateação por ter sido questionado pela idade (31 anos) e admitiu terminar o ano atuando fora do Brasil. “Já tive uma boa proposta do Irã, mas preferi ficar e agora espero por outros contatos”, revela o jogador, que disputa a Série A do Brasileirão pela primeira vez na carreira.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , , , , , , , , , , , , ,
06/05/2009 - 01:00

O MÍNIMO PODE SER SUFICIENTE

Compartilhe: Twitter

Os regulamentos que têm os gols fora de casa como critério de desempate fazem de vitórias por 1×0 em casa, antes magras e às vezes insuficientes, bons resultados em jogos de ida de confrontos eliminatórios.

Foi assim no duelo brasileiro nas oitavas da Libertadores entre Palmeiras e Sport. O resultado obriga o time pernambucano a sair para o jogo em casa e morrer de medo de um golzinho palmeirense, que pode tornar tudo ainda mais difícil. Para os paulistas, o problema será acertar a defesa, que adora dar sustos no torcedor, para segurar o adversário e a vantagem.

E funcionou para o Manchester United, que, diga-se de passagem, tem o melhor sistema defensivo do mundo. O campeão europeu abriu logo 2×0 para cima do Arsenal e garantiu em Londres a vaga na decisão da Liga dos Campeões. Ajudado, e muito, pela vantagem obtida pelo placar de 1×0 no primeiro jogo.

Com essa regra, jogos de volta serão quase sempre muito mais interessantes do que os de ida.

Autor: - Categoria(s): Futebol europeu, Libertadores Tags: , , , , , , ,
05/04/2009 - 22:07

ENFIM, AS SEMIFINAIS

Compartilhe: Twitter

O Paulistão chega ao que interessa com os grandes times do estado classificados para as semifinais. Depois de 19 rodadas com times mistos e superioridade clara de quem tem mais dinheiro e mais torcida, a promessa é de muito equilíbrio para Palmeiras x Santos e São Paulo x Corinthians. Abaixo, tento explicar o que espero de cada um dos times e os motivos pelos quais considero o São Paulo o favorito ao título.

Palmeiras: Tem bom time, mas oscilou demais na reta final da 1a fase do Paulistão. Ainda não acertou o sistema defensivo. Depende demais do resultado do confronto contra o Sport pela Libertadores e da reação ao que acontecer em Recife. Se vencer, o time pode se empolgar ou priorizar totalmente a competição internacional. Se perder, pode entrar em depressão ou então largar mão de vez da Libertadores para se dedicar de forma integral ao estadual.
 
São Paulo: Principal favorito ao título pela tranquilidade de estar bem na Libertadores e por ter crescido de produção nas últimas rodadas do Paulistão. O time ainda tem a confiança de uma camisa que carrega os títulos brasileiros das três temporadas passadas (2006, 2007 e 2008) e a força do bom trabalho do técnico Muricy Ramalho.
 
Corinthians: Mano Menezes ainda tem decisões questionadas pela torcida e o time vai esperar que Ronaldo decida as partidas, jogando em função dele. Se o Fenômeno funcionar, a torcida pode se inflamar e colocar a equipe em condições de brigar pela taça. Passar pelo São Paulo pode ser mais difícil do que a decisão.
 
Santos: O grupo está empolgado por ter chegado no sufoco às semifinais do Paulistão, no entanto, o técnico Vagner Mancini precisou de sorte e de um ótimo trabalho do artilheiro Kléber Pereira para colocar o time entre os quatro melhores. Tecnicamente, ainda está atrás dos concorrentes. Bons jogos de Neymar podem fazer a diferença.

Autor: - Categoria(s): Estaduais, Libertadores Tags: , , , , , , , , , , , , ,
29/01/2009 - 02:50

DOIS BRASILEIROS ENTRE OS FAVORITOS

Compartilhe: Twitter

A Libertadores começa nesta quinta para os clubes brasileiros com dois times do país entre os favoritos. O São Paulo, campeão brasileiro, reforçou bem a forte base de 2008 e aparece como o principal candidato a levantar a taça, mas o Palmeiras deu mostras de que a equipe tem potencial para estar logo entre as mais fortes do continente.

O Cruzeiro é incógnita, pois ainda não se sabe como o time vai reagir sem o ótimo Guilherme. É importante também que o técnico Adílson Batista acerte a defesa, setor frágil no ano passado e que teve muitas mudanças para a atual temporada.

Já o Grêmio parece ter encontrado o seu grande momento no Brasileirão. Não vejo o tricolor gaúcho com forças para chegar às finais por faltarem opções ao técnico Celso Roth e pelo fato de 2008 não ter acabado com um clima muito tranquilo no Olímpico.

O azarão brasileiro deve ser o Sport, que fez uma campanha mágica para chegar ao título da Copa do Brasil e, de lá para cá, perdeu muito de sua força. Apesar de ter a Ilha do Retiro como grande aliada, o time pernambucano depende demais do veterano Paulo Baier, que não deve ser suficiente para fazer o Leão chegar à reta final da Libertadores.

Autor: - Categoria(s): Libertadores Tags: , , , , ,
Voltar ao topo