Publicidade

Publicidade

11/08/2009 - 13:53

ESTEVAM VÊ BOTAFOGO COMO 'SALTO' E DEFENDE OPÇÃO PELO CLUBE CARIOCA

Compartilhe: Twitter

Muitos treinadores reclamam de instabilidade no emprego e falta de respeito ao tempo para resultado de um trabalho por parte de dirigentes de futebol. Outros preferem se proteger com contratos bem amarrados e multas rescisórias, abertos a propostas melhores. Respeito as duas posições, mas sempre espero que atitudes coerentes com o discurso.

Hoje conversei com Estevam Soares, que deixou o Barueri depois de boa campanha no primeiro turno do Brasileirão para assumir o Botafogo. Na entrevista à Rádio Bandeirantes, ele explicou os motivos pelos quais interrompeu o trabalho para assumir o novo desafio.

“Queria ver alguns treinadores que falam e batem no peito. Quando eu estava no Palmeiras, tive várias propostas e não quis sair. Cada um sabe onde o calo aperta. Tive seis ou sete demissões desde então e nunca reclamei. Você tem que ver o que é melhor respeitando os moldes contratuais. Eu queria ver alguns que falam isso se estivessem em equipe pequena e aparecesse um São Paulo, um Flamengo, um Barcelona ou um Real Madrid.”

Estevam também elogiou o atacante Fernandinho, de apenas 23 anos. “Indico (o Fernandinho) para o Botafogo e para qualquer um. Não foram poucos os amigos do futebol que pediram informações a respeito dele. É a grande revelação do Campeonato Brasileiro.”

Ouça entrevista com Estevan Soares sobre a saída do Barueri e o acerto com o Botafogo

Autor: - Categoria(s): Brasileirão Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,
02/08/2009 - 21:20

GRANDE MUNDIAL

Compartilhe: Twitter

Foi fantástico ver os dois ouros de César Cielo nas provas rápidas do nado livre no Mundial de Esportes Aquáticos em Roma, na Itália. E foi muito bom ver também que o Brasil vive um novo momento na modalidade.

Não falamos mais de grandes nomes que surgem do nada e sim de um trabalho que colocou o país em várias finais da natação e nado sincronizado e um quinto lugar no saltos ornamentais. São famílias, clubes e grandes treinadores. E é claro que, se a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) não acerta tudo, também não faz tudo errado.

E há garotos como Bruno Fratus e Henrique Martins que tinha condições de disputar a competição e prometem ótimos resultados para o futuro. Que seja o começo de um círculo virtuoso!

Autor: - Categoria(s): Natação, Sem categoria Tags: , , , , , , , , , , , , , ,
Voltar ao topo